Apresentado pelo Inter, o versátil Zeca avisa: "Não tenho preferência por posição" - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Reforço26/04/2018 | 07h35

Apresentado pelo Inter, o versátil Zeca avisa: "Não tenho preferência por posição"

Jogador afirmou que pode ser lateral-direito ou lateral-esquerdo

Apresentado pelo Inter, o versátil Zeca avisa: "Não tenho preferência por posição" Félix Zucco/Agencia RBS
O lateral foi apresentado nesta quarta-feira Foto: Félix Zucco / Agencia RBS
GaúchaZH
GaúchaZH

Apresentado pelo Inter, Zeca aguarda liberação do Boletim Informativo Diário (BID) da CBF para estar à disposição de Odair Hellmann para estrear. Isso pode ser até mesmo no domingo, 19h, contra o Cruzeiro, pela terceira rodada do Brasileirão. O ex-jogador do Santos treinou normalmente com os companheiros mais uma vez, está bem fisicamente, carecendo apenas de ritmo de jogo. 

— É um jogador que vem agregar muita qualidade ao nosso grupo. Era titular do Santos desde os 21 anos,  titular da seleção olímpica que conquistou a medalha inédita para o nosso país. O Zeca pode desempenhar mais de uma função na equipe. Tem qualidade para isso — elogiou o vice de futebol Roberto Melo. 

Dentro dessa versatilidade, Zeca deixou bem claro na primeira entrevista como jogador do Inter que pode ser lateral-direito ou lateral-esquerdo, sem qualquer problema. Mas jogar no meio-campo seria praticamente uma improvisação.

Leia mais
Lucca tem nome divulgado no BID e pode estrear pelo Inter
Zeca é apresentado pelo Inter: "Quero virar ídolo aqui"
Ex-técnico de Lucca e Pottker indica como dupla rendia melhor na Ponte Preta 

— Não tenho preferência por posição. Joguei anos na esquerda no Santos, fui campeão olímpico na direita. Treino nas duas, jogo onde for preciso. Mas minha função é na lateral. Joguei no meio-campo na base. Eu tenho 23 anos e quero jogar o tempo todo, quero jogar todos os jogos e estou à disposição do treinador. O que ele pedir, vou tentar ajudar. Quero virar ídolo aqui — comentou Zeca.

Responsável direto por sua carreira no Brasil, o técnico Dorival Júnior garante:

— É um jogador rápido e que faz bem qualquer função designada a ele. Tem inteligência para exercer várias atividades, é habilidoso e tático. Um jogador acima da média, que, tenho certeza, vai ser bem aproveitado no Inter.

Novo camisa 37 do Inter, número que carrega desde a base, no Santos, mostrou um bom condicionamento, apesar de estar há quase seis meses sem jogar — devido ao imbróglio com o antigo clube. Segundo ele, porém, nunca treinou tanto quanto agora:

— Quero agradecer a todos que colaboraram para que eu pudesse vir para o Inter. Fico grato a todos. Nunca treinei tanto na vida como nestes cinco meses afastado do Santos. Quero jogar todas as partidas possíveis para ajudar o Inter — disse Zeca. — Fui muito bem recebido. Quero me adaptar o mais rápido possível. Conheço Odair da seleção olímpica, jogo na caraterística do time do Inter, do jeito que Odair monta o time — acrescentou.

Esse conhecimento de Odair é o que leva a crer que, de fato, Zeca será lateral-direito, posição que ocupou durante os Jogos do Rio em 2016. No Santos, destacou-se do outro lado do campo. E tratou de elogiar Odair:

— Odair é um grande ser humano. Uma grande pessoa. Se impõe. É um cara inteligente e fico muito feliz poder trabalhar com ele de novo.

Um dos momentos mais curiosos foi quando agradeceu a Sasha por ter ido bem no Santos, o que agilizou sua chegada ao Inter:

— Eu dei graças a Deus que o Sasha estava no Santos, fazendo gols, e o presidente quis fazer a troca. Quando recebi o telefonema não pensei duas vezes. Estou muito feliz por voltar a jogar em um grande clube.

 Ainda não tem o app Colorado GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Inter na palma da sua mão!    

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros