Neto Fagundes: "O meu Flamenguinho" - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão colorada04/05/2018 | 07h00Atualizada em 04/05/2018 | 07h00

Neto Fagundes: "O meu Flamenguinho"

Colunista recorda do Flamengo de Alegrete, time de sua terra natal

Neto Fagundes: "O meu Flamenguinho" Gilvan de Souza / Flamengo/Divulgação/Flamengo/Divulgação
Flamengo é o adversário do Inter no domingo Foto: Gilvan de Souza / Flamengo/Divulgação / Flamengo/Divulgação

Um dos maiores encontros de futebol infantil ocorre lá no Alegrete, minha terra natal. Tive a alegria de jogar no Flamenguinho, time organizador do evento comandado pelo Toninho Fagundes, que é meu amigo, mas não é meu parente. Graças a ele, a cidade se tornou berço de muitos craques, por lá passou gente de qualidade e que logo ali na frente se tornou referência regional, nacional e alguns até firmaram carreira internacional. 

Falo isso por acreditar que os clubes precisam cuidar das suas categorias de base. Muitas vezes, perdemos os jogadores do futuro. Ronaldinho e Alexandre Pato, só para citar dois da Dupla, junto com Riquelme, Tévez, Nilmar e muitos outros estiveram nos visitando e jogando lá pelo Efipan. Todos foram cuidados como diamantes, investimento que às vezes acaba nem retornando aos clubes. O problema vem de contratos firmados antes, com empresários. 

Leia mais
Inter afirma que não aceitará retorno de Alisson Farias: "Tem de cumprir contrato"
Neto Fagundes: "Inter precisa se concentrar para crescer no Brasileirão"

Um jogador identificado com o clube dará o coração nas disputas. Ele sabe que irá jogar por vizinhos e familiares. Uma equipe se torna vencedora quando é amiga, ninguém toca em um companheiro sem ser cobrado na hora quando o time está focado em vencer. 

Melhorar a cada jogo

O ditado é antigo, mas verdadeiro: a união faz a força. Se tivermos amizade, até a cobrança ríspida será entendida. Vamos melhorar a cada jogo, dominar os nervos e acertar a pontaria. No domingo, não será fácil, como não tem sido, mas vamos acreditar. O problema maior é que quem joga contra o Inter é o Flamengão e não o meu Flamenguinho.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros