Odair explica por que Zeca ainda não estreou pelo Inter - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Está próximo03/05/2018 | 11h20Atualizada em 03/05/2018 | 11h20

Odair explica por que Zeca ainda não estreou pelo Inter

Lateral é um dos mistérios do treinador para enfrentar o Flamengo no domingo

Odair explica por que Zeca ainda não estreou pelo Inter Ricardo Duarte / Inter, Divulgação/Inter, Divulgação
Jogador está treinando desde a semana passada Foto: Ricardo Duarte / Inter, Divulgação / Inter, Divulgação

O Inter conta os dias para usar Zeca. O lateral está em fase de ambientação ao clube, segundo a comissão técnica, e começará a ser aproveitado nos próximos jogos. Ainda não está certo que seja contra o Flamengo, no domingo, fora de casa. Mas o processo está em andamento.

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho   

Zeca está em Porto Alegre há nove dias. Treinou com os companheiros desde então e ficou no banco contra o Cruzeiro, mas não recebeu oportunidade. Viu da casamata o empate em 0 a 0 no Beira-Rio. 

Por não ter atuado, fez seu teste mais forte na reapresentação após o jogo, na terça-feira, quando o técnico Odair Hellmann promoveu um coletivo entre dois times de reservas. No treinamento, Zeca foi lateral-direito. O repórter Leonardo Acosta, de GaúchaZH, acompanhou a atividade. 

— Não foi possível notar muito destaque técnico, até porque o time em que ele estava perdeu. Os gols não saíram pelo lado dele e claramente havia um desentrosamento. O que chamou a atenção foi a forma física. Ele não parecia um jogador parado há seis meses. A todo momento instruía os colegas, aparecia, dava opção na frente. Aliás, foi para o ataque muitas vezes. E, importante, atuou sempre pelo lado direito — relata.

A forma física não é mais problema. Zeca trabalhou com preparador particular enquanto esteve afastado do Santos, em um litígio judicial resolvido com a ida de Eduardo Sasha para a Vila Belmiro em troca do lateral. O jogador está em excelente condição, pesando apenas o ritmo de jogo (ele não atua desde outubro de 2017). O Inter enxerga nele um atleta versátil.

— É um jogador que vem agregar qualidade ao nosso grupo. Era titular do Santos desde os 21 anos, foi campeão olímpico e pode desempenhar mais de uma função — analisou o vice de futebol Roberto Melo. 

Em um primeiro momento, a posição será a lateral direita. Odair Hellmann já deixou clara a preferência de ter Zeca do lado onde foi campeão olímpico, mesmo que a maior parte das partidas disputadas pelo Santos tenha sido na esquerda. 

— Zeca é um jogador que alia qualidade técnica e marcação, tem equilíbrio nas valências, jovem mas experiente, jogador com títulos. Vai ser muito importante para fortalecer o grupo, pode jogar nas laterais, está se ambientando bem. Além de um grande jogador, é uma ótima pessoa. Vai se dar muito bem aqui e vamos trabalhar para que ele se sinta em casa e demonstre o futebol que já demonstrou. Está passando por um processo de treinamento, ficou muito tempo sozinho. Está à disposição e estamos tendo um cuidado para que ele tenha ritmo de treinamento com o grupo e possa mostrar o que ele já fez na carreira — disse o treinador. 

Se não for contra o Flamengo, a estreia pode ser em 12 de maio. O clássico Gre-Nal do primeiro turno, marcado para a Arena.

 Leia outras notícias do Diário Gaúcho   

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros