Sem marcar há 12 partidas, Pottker bate recorde negativo da temporada 2017 - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Seca de gols07/06/2018 | 08h20

Sem marcar há 12 partidas, Pottker bate recorde negativo da temporada 2017

Atacante já soma 901 minutos sem fazer um gol sequer ¿ o seu último foi pelo Campeonato Gaúcho, em fevereiro 

Sem marcar há 12 partidas, Pottker bate recorde negativo da temporada 2017 Maurício Rummens / Fotoarena/Lancepress/Fotoarena/Lancepress
Pottker contra o São Paulo: mais um jogo sem gols Foto: Maurício Rummens / Fotoarena/Lancepress / Fotoarena/Lancepress

Quem diria que ao se jogar contra a bola, após rebote do goleiro Fábio, e marcar o terceiro gol do Inter, aos 44 minutos do segundo tempo, na goleada de 4 a 0 sobre o São José, no Beira-Rio, William Pottker estaria fazendo o seu mais recente gol em um período de 119 dias? Pois desde aquele 8 de fevereiro, quando marcou o primeiro e o terceiro gols da partida diante do Zequinha, o camisa 99 vive um período de estiagem. 

É bem verdade que passou quase metade deste tempo fora de ação, tratando uma séria lesão muscular na coxa direita. Ainda assim, lá se vão 12 partidas e 901 minutos sem marcar. 

Leia mais
Proposta por Valdívia é de mesmo clube do treinador Carille
Clube árabe retoma proposta, empresário cede e Anselmo  assinará com Al-Wehda
Saiba qual foi a maior sequência de Nico López como titular do Inter

No 0 a 0 com o São Paulo, no Morumbi, teve uma única boa chance de gol, criada por ele mesmo, ao passar pelo zagueiro Anderson Martins e bater em cima do goleiros Sidão. Atuando o tempo todo pelo lado direito, Pottker chegou a recuar, a fim de buscar a bola no meio-campo, além de auxiliar Edenilson e Zeca na marcação. Foi substituído por Nico López, aos 35 minutos do segundo tempo.

— Parece que Pottker e Damião, que busca o centésimo gol pelo Inter, se impuseram uma pressão demasiada - entende o músico e colorado Neto Fagundes. - Eles até criam as jogadas de ataque, mas, na hora de concluir, parece que estão muito ansiosos e não conseguem finalizar bem. Creio que Odair Hellmann poderia dar mais uma chance ao Pottker, contra o Santos e, caso ele não marque, coloque o Nico em seu lugar para enfrentar o Vasco no Beira-Rio. Caso contrário, Pottker poderá se vaiado ainda antes do jogo,. o que seria muito ruim — pondera Neto. 

Os 12 jogos sem marcar são um recorde negativo na carreira de Pottker, mas a seca de gols não chega a ser uma novidade. Desde 2015, quando passou a ser titular na Linense-SP — e não um jogador que recebia algumas chances no Figueirense —, ele sempre passou por períodos de escassez de gols. Naquela temporada, ficou seis partidas e pouco mais de dois meses sem ir às redes. Encerrou o ano com seis gols. 

Da cessão à Linense, Pottker foi emprestado pelo Figueirense aos portugueses do Braga. Lá, na Segunda Divisão, passou nove partidas e 57 dias sem gols. Com o fim da temporada na Europa, Pottker retornou para a Linense para a temporada 2016. Passou oito jogos sem marcar, e um período de 92 dias, na transição do clube de Lins para a Ponte Preta. Em Campinas, o atacante virou ídolo e artilheiro do Brasileirão, com 14 gols, ao lado de Fred (então no Atlético-MG) e de Diego Souza (então no Sport).

— Pottker precisa jogar porque necessita demais ter um constante ritmo de jogo. Ainda que não esteja marcando gols, se acabar na reserva, talvez isto seja ainda pior para ele e para o Inter. Nos tempos de Ponte Preta era assim — comenta Élvio Paiola, editor-chefe do portal Futebol Interior, de Campinas. 

No ano seguinte, comprado pelo Inter, Pottker se apresentou ao Beira-Rio após a disputa do Campeonato Paulista. No Estadual, foi o goleador, anotando nove gols, e dividindo a artilharia com o ex-Inter Gilberto (então jogando pelo São Paulo). Mesmo sendo o maior anotador colorado na Série B, com 10 gols, William Pottker também enfrentou no ano passado uma "crise criativa". Foram 64 dias e 11 jogos sem gols.

Os gols que haviam sumido em setembro, voltaram contra o Goiás, em dupla, e já sob o interinato de Odair Hellmann. Pottker encerrou a temporada com um total de 20 gols marcados, por Ponte e Inter, mas, em meio à escassez, revelou preocupação com o período sem marcar.

Leia mais
Inter conta com volta de Dourado em Santos, mas tem cinco jogadores pendurados
Em recuperação, D'Alessandro pode retornar ao time do Inter após o Mundial da Rússia

— Todo o funcionário quando faz trabalho bem feito fica tranquilo, mas quer mais. Venho fazendo meu trabalho bem feito mas quero mais, quero fazer gols. Sinto falta de fazer gols, mas sinto que estou fazendo a minha parte. Quando ajudo o grupo, chego em casa com consciência limpa. Sou atacante, vivo de gols, mas quando crio uma assistência ou sofro o pênalti fico feliz. Quando a fase voltar, o gol vai sair — disse Pottker, à época.

Odair reluta tirar Pottker do time, apesar dos apelos da torcida pelo ingresso de Nico López. No ano passado, a insistência com Pottker foi recompensada. 

Os períodos de estiagem de Pottker

Em 2018

Inter
12 jogos sem gols
119 dias
Gol mais recente: Inter 4x0 São José (Gauchão, 8 de fevereiro, no Beira-Rio, marcou o primeiro e o terceiro gols)
Na temporada: 5 gols

Em 2017 

Ponte Preta e Inter
11 jogos sem gols (todos pelo Inter)
64 dias
Parou de marcar contra o Figueirense, na 24ª rodada, voltou a marcar contra o Goiás, na 37ª rodada
Na temporada: 20 gols

Em 2016

Linense e Ponte Preta
8 jogos sem marcar (sete partidas pela Linense e uma partida pela Ponte)
92 dias
Na temporada: 22 gols (Goleador do Brasileirão)

Em 2015

Linense e Braga-POR
9 jogos sem marcar (todos pelo Braga)
57 dias
Na temporada: 6 gols

Ainda não tem o app Colorado GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Inter na palma da sua mão! 

 

Vídeos recomendados para você

 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros