Lelê Bortholacci: "Secação colorada deu certo nesta rodada" - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão colorada17/09/2018 | 07h00Atualizada em 17/09/2018 | 07h00

Lelê Bortholacci: "Secação colorada deu certo nesta rodada"

Flamengo, Palmeiras e São Paulo não passaram de empates em seus jogos

Lelê Bortholacci: "Secação colorada deu certo nesta rodada" Flavio Hopp / Agência Lancepress!/Agência Lancepress!
São Paulo ficou no 0 a 0 com o Santos, na Vila Belmiro Foto: Flavio Hopp / Agência Lancepress! / Agência Lancepress!
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

A secação deu certo. Nenhum dos adversários mais diretos na disputa pelo título do Campeonato Brasileiro conseguiu vencer no final de semana. Flamengo, Palmeiras e São Paulo não passaram de empates em seus jogos, o que deixa o Inter um pouco mais tranquilo para a partida da noite desta segunda-feira (17), pois, caso consiga o mesmo resultado, volta a ultrapassar o São Paulo no saldo de gols e reassume a ponta da tabela. Claro que a vitória passa a ser ainda mais importante, já que nos colocaria na liderança isolada.

Leia mais
Do que o Inter precisa contra a Chape para voltar à liderança
De volta ao time do Inter, Iago alerta para os perigos da Chape: "É muito forte em casa"
Inter aguarda para a próxima semana uma "definição favorável" sobre Guerrero

Se depender do apoio da torcida, o grupo de jogadores vai sentir muito pouco o fato de estar fora de casa. Com uma recepção emocionante dos colorados da região, o Inter chegou a Chapecó no sábado (15) e sentiu o clima do mar vermelho do oeste catarinense. As imagens são impressionantes. 

Tenho um respeito muito grande por torcedores do Internacional que moram longe de Porto Alegre. Pessoas que cultivam o amor ao clube mesmo sem comparecer ao Beira-Rio com frequência e que, em oportunidades como essa, podem encher os jogadores de carinho e mostrar ao mundo todo o tamanho desse clube gigante.

Dedicação extra

O que temíamos se confirmou: Rodrigo Dourado está fora do jogo. Depois de atuar no sacrifício no Gre-Nal, as dores aumentaram, e o departamento médico nem deixou ele viajar para Chapecó. É uma das nossas principais peças no ano. O melhor volante do campeonato. Uma ausência significativa, que vai exigir dedicação extra de todos que estarão em campo.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros