Lelê Bortholacci: "Torcida tem que pegar junto, ter calma e paciência" - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão colorada29/09/2018 | 07h00Atualizada em 29/09/2018 | 07h00

Lelê Bortholacci: "Torcida tem que pegar junto, ter calma e paciência"

 Se você estará no estádio domingo (30), contra o Vitória, não esqueça disso: ajude, apoie, cante, jogue junto

Lelê Bortholacci: "Torcida tem que pegar junto, ter calma e paciência" Jefferson Botega / Agência RBS/Agência RBS
Torcida tem sido fundamental para a boa campanha do Inter dentro de casa Foto: Jefferson Botega / Agência RBS / Agência RBS
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Começa neste fim de semana a rodada mais importante do Brasileirão deste ano. Sim, porque do jeito que está embolada a tabela, a próxima rodada sempre será a mais importante. São Paulo, Palmeiras, Inter, Flamengo e Grêmio têm reais chances de título. E só dois jogam em casa neste fim de semana. O Palmeiras recebe o Cruzeiro no domingo, às 11h. Quatro dias depois de ter sido eliminado da Copa do Brasil, exatamente pelo Cruzeiro, e com toda aquela confusão depois do jogo. 

Leia mais
Veja a íntegra da decisão da comissão especial do Inter sobre a gestão Vitorio Piffero
Os prós e contras das cinco opções de Odair para a vaga de Patrick no Inter
Novo titular do Inter acordava às 3h para treinar e passou por cirurgia do coração aos 19 anos

É partida pra nós, colorados, assistirmos bem tranquilos na frente da TV, contando com aquela força da equipe de Mano Menezes que, apesar de não estar nem aí pro Campeonato Brasileiro, está muito bem nas copas. Depois desse jogo e do almoço de domingo, todos os caminhos levam para o Beira-Rio. Não tem desculpa. Só a distância da Capital ou a falta de grana são justificativas para um colorado não estar no estádio empurrando o time pra cima do Vitória, aquele mesmo do caso Victor Ramos. Lembram? 

É uma partida chave e que temos de vencer de qualquer forma. Dependendo dos resultados, podemos até mesmo voltar à liderança. Estamos diante do Brasileirão mais equilibrado dos últimos anos. Qualquer um dos cinco primeiros pode ser campeão. Os jogos em casa vão fazer a diferença na colocação final e na conquista desse título. 

Adversário fechado

Os baianos virão fechados, vão se defender. A torcida tem que pegar junto, ter calma e paciência. Se você estará no estádio, não esqueça disso: ajude, apoie, cante, jogue junto! São os primeiros três pontos do resto de nossas vidas.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros