Lelê Bortholacci: "Ainda aposto em Jonatan Alvez" - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão colorada05/10/2018 | 07h00Atualizada em 05/10/2018 | 07h00

Lelê Bortholacci: "Ainda aposto em Jonatan Alvez"

Uruguaio é a melhor opção para a vaga de Damião contra o Sport

Lelê Bortholacci: "Ainda aposto em Jonatan Alvez" Ricardo Duarte/Sport Club Internacional
Atacante marcou duas vezes com a camisa colorada Foto: Ricardo Duarte / Sport Club Internacional
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

As eleições de domingo anteciparam os jogos do Brasileirão e a 28ª rodada começa nesta sexta-feira (5), às 19h, com o nosso Colorado em campo, na Ilha do Retiro, contra o Sport. Um time em crise, que nos últimos quinze jogos teve uma única vitória, um único empate e incríveis 13 derrotas. Que entrará em campo na vice-lanterna e desesperado para escapar da zona do rebaixamento.

Leia mais
Técnico do Sport acusa Inter de forçar cartões amarelos: "Desvaloriza o adversário"
Odair dá ênfase a chutes a gol em último treino do Inter antes do jogo contra o Sport
Sport x Inter: horário, como assistir e tudo sobre o jogo da 28ª rodada do Brasileirão

Os pernambucanos fizeram promoção de ingressos a R$ 5, com o objetivo de encher o estádio – uma prática muito comum quando os clubes estão em situação caótica – e terão um bom público empurrando o time. Por isso, é essencial o Internacional entrar muito ligado no jogo. Segurando o ímpeto inicial dos donos da casa, com certeza a pressão da torcida passará a ser contrária. Não podemos tomar gol antes dos 10, 15 minutos. Se conseguirmos marcar, então...

Por este motivo, eu entraria em campo com o time numa formação que permitisse ligação rápida para o contra-ataque e dois atacantes de força e velocidade: Pottker e Jonatan Alvez. Por mais que o uruguaio ainda não tenha caído nas graças da torcida, seguiria insistindo nele. Lembro das suas atuações no ano passado. Tenho certeza de que não desaprendeu a jogar.

Para dormir na ponta

Muitos atletas estrangeiros precisam de tempo de adaptação quando vêm jogar no Brasil. Penso que é o caso de Jonatan. A opção com Rossi na frente e Pottker de centroavante não seria a minha formação inicial.

Mas, enfim, Odair sabe o que faz. Eu só quero dormir na liderança para acordar no sábado e acompanhar o resto da rodada na maior tranquilidade.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros