Lelê Bortholacci: "É a hora do time e da torcida jogarem juntos" - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 

Paixão colorada21/11/2018 | 07h00Atualizada em 21/11/2018 | 07h00

Lelê Bortholacci: "É a hora do time e da torcida jogarem juntos"

Parceira tem sido imbatível neste Brasileirão

Lelê Bortholacci: "É a hora do time e da torcida jogarem juntos" Jefferson Botega/Agencia RBS
Inter projeta público superior a 30 mil contra o Atlético-MG Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Chegou a hora da verdadeira reta final do Brasileirão. São apenas três jogos, dois deles em casa. É a hora do time e da torcida esquecerem os erros do ano e jogarem juntos no objetivo de vencer e encerrar bem uma campanha que surpreendeu positivamente a todos. Sou um torcedor como você, colorado, que se irrita quando a equipe não vence, mas nunca deixo de apoiar. 

Leia mais
Fabiano celebra fim de desconfiança com o Inter, mas lamenta: "Não seguramos resultados" 
STJD adia julgamentos de Edenilson, Odair, médico e dirigentes do Inter
Volante do Cruzeiro diz que foi procurado pelo Inter; direção colorada nega

Estamos no caminho certo da reconstrução. Saímos de um buraco profundo e, menos de um ano depois, estamos brigando de igual para igual com os melhores times do país. Voltaremos à Libertadores no próximo ano, temos um ótimo time, um grupo muito forte e o treinador revelação do campeonato. E temos, sim, que dar um voto de confiança a todos eles. 

A parceria entre time e torcida neste Brasileirão, até agora, é imbatível. Restam mais duas oportunidades para esse encontro ocorrer e mantermos essa invencibilidade. O primeiro é nesta quarta-feira (21), às 19h30min, no Beira-Rio.

Vamos com tudo

Na terça-feira (20), teve treino fechado e pouco sabemos, mas creio que nada mude muito das últimas vezes que tivemos esses mesmos desfalques. Na ausência de Rodrigo Moledo, Odair Hellmann deve colocar Emerson Santos na zaga. 

Já Wellington Silva, que vinha entrando em quase todos os jogos e foi expulso no último domingo, não poderá ser opção para o segundo tempo. Quem deve ter essa chance é William Pottker. Talvez Jonatan Alvez. Pouco importa. Independentemente de quem entrar em campo hoje, a torcida vai apoiar, tenho certeza. Vamos com tudo, Inter!

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros