Raquel Saliba: "Só vejo vantagens em ter jogadores experientes no Inter" - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão colorada14/01/2019 | 07h00Atualizada em 14/01/2019 | 07h00

Raquel Saliba: "Só vejo vantagens em ter jogadores experientes no Inter"

Nestes últimos dias, recebi alguns comentários de gremistas fazendo menção ao "asilo" que estamos construindo no Beira-Rio por termos "trintões" no time 

Raquel Saliba: "Só vejo vantagens em ter jogadores experientes no Inter" Camila Domingues/Agencia RBS
Até mesmo a careca do D'Alessandro rendeu piadinhas Foto: Camila Domingues / Agencia RBS

Sou completamente passional em relação ao Inter. Aquela pessoa que não deixa ninguém falar mal do time (além de mim, claro), que deixa o mau humor tomar todos os aspectos da vida, quando o Colorado vive fase ruim, e que fica brava até com outros colorados se escuta vaias no estádio. Porém, por incrível que pareça, nunca me envolvo em discussões fortes ou tretas sobre futebol.

Leia mais
Inter contrata atacante Tréllez, do São Paulo
Rafael Sobis faz seu primeiro treino como centroavante do Inter
Inter é goleado pelo Guarani e dá adeus a Copa São Paulo na terceira fase

Confesso que precisei (e preciso constantemente) de muita terapia para entender que as pessoas tendem a ser agressivas quando não estão bem consigo mesmas. Então, se sou atacada nas redes sociais por outras torcidas, não ataco de volta. Nestes últimos dias, recebi alguns comentários de gremistas fazendo menção ao "asilo" que estamos construindo no Beira-Rio por termos "trintões" no time. 

As piadas nem são engraçadas: alguma bobagem sobre a careca do D'Alessandro ou sobre o Sobis ter melhorado "só esteticamente" com o tempo. Eu tenho convicção no grupo que a direção está montando e valorizo a experiência que temos. Além de tudo isso, não estou falando de quaisquer jogadores, estou falando de dois ÍDOLOS, algo que muitas torcidas não estão acostumadas a ter. Muito menos de ver algum retornar ao clube. Sério, façam terapia!

Nossos trintões são top

Sobis e o lateral Bruno têm 33 anos. Guerrero, 35. E meu preferido, D’Alessandro, 37. Tem uma gurizada mais jovem, que foi promovida neste ano ao time principal, que pode se aproveitar da experiência dos colegas. Só vejo vantagens!

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros