Lelê Bortholacci: os bons problemas para Odair Hellmann - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão Colorada22/03/2019 | 07h00Atualizada em 22/03/2019 | 07h00

Lelê Bortholacci: os bons problemas para Odair Hellmann

Jogadores não considerados titulares estão tendo destaque no Inter

Lelê Bortholacci: os bons problemas para Odair Hellmann Ricardo Duarte / Divulgação/Internacional/Divulgação/Internacional
Técnico Odair Hellmann terá de encaixar peças no time titular Foto: Ricardo Duarte / Divulgação/Internacional / Divulgação/Internacional
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Está definido o caminho até a final do Gauchão. Se quisermos chegar lá, teremos de passar pelo Novo Hamburgo e depois pelo vencedor do confronto entre Aimoré x Caxias. São jogos em partidas de ida e volta, e esse é o tipo de formato que já eliminou muito favorito por aí. 

Leia mais
A seleção da primeira fase do Gauchão com base nas estatísticas dos jogadores
Com retornos de Nico López e Nonato, Inter inicia preparação para jogo contra o Novo Hamburgo
Definidos os árbitros para os jogos de ida das quartas de final do Gauchão

O primeiro passo já será amanhã, contra o Noia, na casa deles, quando Nico López e Nonato voltam a ficar à disposição. O primeiro tem retorno garantido ao time titular, pois ninguém tem dúvidas de que ele vive seu melhor momento com a camisa do Inter. O segundo ainda depende da situação de Patrick, que se recupera de lesão. 

Com as boas atuações de diversos jogadores não considerados titulares nas últimas partidas, aumentaram as opções para Odair Hellmann. O próprio formato de time, com centroavante “fixo” – como era com Leandro Damião, em 2018, e com Pedro Lucas, mais recentemente – não me parece mais ser o preferido pelo treinador colorado. Desde a entrada de Rafael Sobis como “falso 9”, ficou bem claro que o time ataca mais e melhor.

Bons problemas para Odair

É um esquema de jogo que vai dando resultados, ganhando força e se transformando numa boa alternativa para o nosso treinador. Pelo menos até centroavante Paolo Guerrero ter condição legal, este deverá ser o esquema com que iniciaremos os jogos. Fisicamente, o peruano já mostra que tem condições para jogar, pelo menos, 70 minutos. Então, é bem provável que, a partir de 5 de abril, o Inter volte a usar o esquema anterior, com o “fixo”. São os “bons problemas” de Odair Hellmann.

"O melhor centroavante que eu vi jogar"

Falando em Guerrero, pude entrevistar um corintiano que estava no Beira-Rio na quarta-feira. Ele foi categórico em afirmar que "o peruano, além de ter feito os dois gols mais importantes da história do Corinthians, é o melhor centroavante que eu já vi jogar".

 Assine GaúchaZH e fique por dentro de tudo o que acontece com a dupla Gre-Nal. Acesso ilimitado ao site! 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros