Guerrinha: ambiente do Beira-Rio permite o pensamento de reversão ao Inter contra o Flamengo - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Calor da torcida23/08/2019 | 07h00Atualizada em 23/08/2019 | 07h00

Guerrinha: ambiente do Beira-Rio permite o pensamento de reversão ao Inter contra o Flamengo

Colorado precisa estar em uma noite inspirada para buscar a classificação em frente ao seu povo

Guerrinha: ambiente do Beira-Rio permite o pensamento de reversão ao Inter contra o Flamengo Ricardo Duarte / Inter/Divulgação/Inter/Divulgação
Odair Hellmann tenta levar o Inter para a semifinal da Libertadores Foto: Ricardo Duarte / Inter/Divulgação / Inter/Divulgação

Nem poderia ser diferente. Apesar da nada pequena desvantagem, o discurso do Inter, após a derrota de 2 a 0 para o Flamengo, era de otimismo para o jogo da volta, na próxima quarta-feira, em Porto Alegre.

Verdade que o ambiente do Beira-Rio permite o pensamento de reversão, mas isso só vai acontecer se o Colorado estiver numa noite iluminada.

Leia mais
Nico López perde espaço no Inter e pode ser atração na equipe reserva contra o Goiás
Um dos gols mais bonitos de Fernandão pelo Inter completa 15 anos nesta quinta-feira
Santos em 97 e Banfield em 2010: Inter relembra dois jogos históricos para crer em virada contra o Flamengo

LIQUIDADO — Virou amistoso. Com muito mais qualidade, cirúrgico, o Boca foi até o Equador e não tomou conhecimento da LDU, liquidando o confronto ao natural. Essa goleada de 3 a 0 transforma o jogo da volta em simples cumprimento de tabela.

PROEZA — Poucos conseguem. Em jogo atrasado, o São Paulo derrotou o Athletico-PR, dentro da Arena da Baixada, e mostrou que quer prêmio no Brasileirão. Pelo fato de ter ganho três pontos num local complicado, é bom abrir o olho com o time do técnico Cuca.

Perguntinha
A Dupla vai reverter o quadro?

Ainda não tem o app Colorado GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Inter na palma da sua mão! 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros