Lelê Bortholacci: Inter precisa mostrar algo a mais para conquistar a Copa do Brasil - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão colorada30/08/2019 | 08h00Atualizada em 30/08/2019 | 08h00

Lelê Bortholacci: Inter precisa mostrar algo a mais para conquistar a Copa do Brasil

Equipe de Odair Hellmann deixou a desejar contra o Flamengo, pela Libertadores

Lelê Bortholacci: Inter precisa mostrar algo a mais para conquistar a Copa do Brasil Ricardo Duarte / Inter/Divulgação/Inter/Divulgação
Odair precisa tirar mais de seus jogadores para levantar a taça na Copa do Brasil Foto: Ricardo Duarte / Inter/Divulgação / Inter/Divulgação
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Toda eliminação é dolorida. Algumas, um pouco mais. O otimismo antes de o jogo começar, na quarta-feira, se justifica apenas pela paixão que nos move. Nós, colorados, sempre acreditamos no Inter. Mesmo que a vantagem do adversário fosse evidente no placar e na qualidade técnica, lá estávamos, batendo novo recorde de público na nossa casa reformada. 

Leia mais
Marcelo Lomba avalia como lidar com a eliminação do Inter: "Vamos transformar em combustível"'
Sem "lei do ex": Guerrero finalizou apenas uma vez nos dois jogos contra o Flamengo
Inter abre check-in para o jogo de volta contra o Cruzeiro, pela Copa do Brasil

Confesso que esperava mais do Inter, principalmente na parte inicial. O jogo não tinha completado um minuto e já tínhamos entregado a bola de maneira bisonha ao Flamengo duas vezes, que só não abriu o placar por causa de Marcelo Lomba. A apatia de alguns jogadores é injustificável num jogo em que a mobilização da torcida foi notícia no país inteiro

O que mais um jogador precisa para dar a vida dentro de campo, do que um estádio inteiro cantando? Eu sei que do outro lado havia o melhor ataque do país. Mas só quero um pouco mais de concentração e de doação. Estou triste em não estar mais na Libertadores mas, considerando onde estávamos em 2017, ficarei bem satisfeito se conquistarmos a Copa do Brasil. Mas vamos precisar de algo a mais.

Mudar é preciso

Odair Hellmann tem menos de uma semana para arrumar o que não vem dando certo. O jogo é outro, o adversário também. Mas se os erros não forem corrigidos, nem a vantagem, que dessa vez é nossa, se sustentará. O Cruzeiro tem qualidade técnica bem parecida com a do Flamengo. Rogério Ceni fez isso renascer, os gols voltaram a ocorrer e o time recuperou a confiança. A mesma que havíamos adquirido e que foi decisiva no jogo do Mineirão. Sem ela, nossa vaga na final estará seriamente ameaçada.

Ainda não tem o app Colorado GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Inter na palma da sua mão!   


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros