Guerrinha: Inter vai ter de marcar muito e ser cirúrgico na hora de atacar - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Efetividade10/09/2019 | 07h00Atualizada em 10/09/2019 | 07h00

Guerrinha: Inter vai ter de marcar muito e ser cirúrgico na hora de atacar

Time do Athletico-PR faz do fator casa um trunfo na Copa do Brasil

Guerrinha: Inter vai ter de marcar muito e ser cirúrgico na hora de atacar Félix Zucco/Agencia RBS
Inter enfrentará o Athletico-PR nesta quarta-feira, em Curitiba Foto: Félix Zucco / Agencia RBS

É bem simples a receita. Até as paredes sabem que o Athletico-PR cresce dentro da sua casa e tenta empurrar o adversário para seu próprio campo. Isso significa que o Inter vai ter de marcar muito, além de ser cirúrgico na hora de atacar.

Leia mais
Em busca do título da Copa do Brasil, Inter embarca para Curitiba com festa da torcida

Fora de casa, consciente de que terá a chance de jogar os últimos 90 minutos dentro do Beira-Rio, ao lado do seu povo, onde é muito forte, a turma do técnico Odair Hellmann terá de usar a inteligência do início ao fim. Tudo para sair da Arena da Baixada mais confiante do que já está.

Ainda não tem o app Colorado GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Inter na palma da sua mão!

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros