Lelê Bortholacci: as lições de Ijuí - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão colorada31/01/2020 | 09h00Atualizada em 31/01/2020 | 09h00

Lelê Bortholacci: as lições de Ijuí

Time sofreu com alguns problemas na vitória contra o São Luiz

Lelê Bortholacci: as lições de Ijuí Félix Zucco/Agencia RBS
Treinador precisa fazer ajustes na equipe Foto: Félix Zucco / Agencia RBS
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Como não poderia ser diferente, a atuação do Inter na última quarta-feira, em Ijuí, abriu o debate sobre os primeiros problemas que ficaram claros no time de Eduardo Coudet. Os três gols sofridos pelo alto deixaram a torcida colorada bem preocupada, não só com o miolo da zaga mas também com as laterais, já que surgiram de cruzamentos feitos com grande liberdade pelos jogadores do São Luiz.

Leia mais
Inter não conseguirá contratar atacante a tempo dos jogos contra a Universidad de Chile
Gabriel Boschilia é apresentado pelo Inter: “Subi um degrau na carreira vindo para cá”

Convenhamos que isso já era algo bem previsível, considerando que, no esquema de jogo que está sendo testado, os dois laterais jogam bem avançados. O lado positivo desses problemas é que o Inter está errando na hora em que pode errar.

O ano está recém começando, e o Gauchão é o melhor período para que se façam todos os testes necessários. Nosso campeonato regional é exatamente onde erros — como os que ocorreram em Ijuí — podem ser recuperados ainda dentro do próprio jogo. Do mesmo jeito que foi feito na quarta-feira à noite.

Correção a caminho

Com certeza, os gols sofridos na partida do 19 de Outubro serão corrigidos por Coudet. Esperamos, afinal, que eles não se repitam em nenhum dos outros campeonatos que jogaremos neste ano — principalmente nos mata-matas, quando uma noite ruim pode fazer todo um sonho desmoronar. 

 Ainda não tem o app Colorado GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Inter na palma da sua mão! 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros