Lelê Bortholacci: o primeiro objetivo do Inter no ano foi alcançado - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão colorada11/02/2020 | 21h25Atualizada em 11/02/2020 | 21h25

Lelê Bortholacci: o primeiro objetivo do Inter no ano foi alcançado

Colorado venceu a Universidad de Chile e avançou de fase na Libertadores

Lelê Bortholacci: o primeiro objetivo do Inter no ano foi alcançado Mateus Bruxel/Agencia RBS
Segundo gol colorado foi marcado por Marcos Guilherme Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Não foi tão fácil como muitos imaginavam, mas o Inter venceu, despachou La U e alcançou o primeiro objetivo de 2020. Como previsto, os chilenos "colocaram um ônibus" na frente da área, o que dificultou bastante as coisas. 

Leia mais
Com gols de Boschilia e Marcos Guilherme, Inter vence La U e avança na Libertadores
Ouça os gols da vitória do Inter sobre a Universidad de Chile
Gre-Nal da semifinal do primeiro turno do Gauchão terá VAR

O alívio só veio no fim do primeiro tempo quando a marcação avançada proposta por Coudet deu resultado, a zaga falhou e Boschilla não perdoou. Na volta do intervalo, uma pressão chilena fez o Inter errar muitos passes e recuar muito a bola. 

Na única chance clara, um irreconhecível Paolo Guerrero driblou o goleiro, ficou sem ângulo e perdeu um gol que não costuma perder.  A tranquilidade definitiva veio com um golaço do endiabrado Marcos Guilherme. Dois gols de jogadores que vieram do banco. Uma vitória com a mão do treinador.

Gre-Nal

Mas antes da sequência da Libertadores semana que vem, tem Gre-Nal no sábado, no Beira-Rio. E valendo vaga na final do primeiro turno do Gauchão. Jogar em casa dá uma vantagem inquestionável — a história e os números provam isso, não perca tempo discordando — e a decisão de colocar força máxima, é muito correta. 

É jogo único. Tanto Inter quanto Grêmio sabem que ganhar o clássico deixa o vencedor a um passo do título do primeiro turno e que, em caso dessa conquista, a presença na final já estará garantida, o que permitirá foco total no início da fase de grupos da Libertadores. A vitória vale muito.

VAR

Além da confirmação de data e horário, agora também sabemos que o VAR volta a cena. Acerta a federação. Que, aliás, deveria arrumar alguma forma dele estar presente em todo o campeonato o mais breve possível. É caro, eu sei. Mas logo, logo, ele será obrigatório.

Ainda não tem o app Colorado GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Inter na palma da sua mão! 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros