Lelê Bortholacci: o segundo passo do Inter na Libertadores - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão colorada19/02/2020 | 08h00Atualizada em 19/02/2020 | 08h00

Lelê Bortholacci: o segundo passo do Inter na Libertadores

Colorado enfrenta o Tolima em disputa por vaga na fase de grupos

Lelê Bortholacci: o segundo passo do Inter na Libertadores Ricardo Duarte/Divulgação/Internacional
Coudet tenta levar o Inter para a fase de grupos da Libertadores Foto: Ricardo Duarte / Divulgação/Internacional
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Começa hoje a segunda etapa desta ingrata fase preliminar da Libertadores, onde uma simples noite ruim pode acabar com todo o planejamento de um semestre. Depois de uma viagem difícil, o Inter enfrenta o Tolima com atenção redobrada, pois se trata de um jogo de 180 minutos. 

Leia mais
D’Ale admite cansaço com longa viagem, elogia Tolima e nega favoritismo do Inter
O dia do Inter em um minuto: as notícias mais importantes do Colorado nesta terça
Inter anuncia a contratação do atacante Gustavo

E com gol qualificado. Ou seja, seria muito importante voltar da Colômbia com gols marcados, para evitarmos aquela tensão no jogo de volta — como ocorreu com La U, na semana passada —, quando um gol do adversário nos obrigaria a fazer dois.

É jogo perigoso, num local em que brasileiros não costumam se dar bem — me lembro de derrotas do Grêmio e do Corinthians lá. Marcar gols seria bom demais, mas voltar vivo já é um bom negócio.

Tenho certeza de que Eduardo Coudet vai repetir o time do Gre-Nal. O treinador está com menos de dois meses de trabalho e sabe que os resultados de tudo que se propôs a mudar não vão aparecer do dia pra noite. Por mais que eu tenha achado errado o "timing" da colocação de Bruno Fuchs, a derrota não passou por ele. Defendo, sim, que o treinador faça o que acredita ser melhor para o Internacional.

Temos de ter paciência

Se queremos um time diferente, que trabalha a bola e propõe o jogo, temos de ter paciência. Por se tratar de um mata-mata, é claro, estamos sujeitos a uma derrota e até uma eliminação. Mas isso não pode mudar os planos que o clube fez com a contratação de Chacho Coudet. Vamos em busca da vaga na fase de grupos, mas com a certeza que nenhuma conclusão definitiva pode ser tirada tão cedo.

Ainda não tem o app Colorado GaúchaZH? Acesse todas as informações sobre o Inter na palma da sua mão! 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros