Lelê Bortholacci: Piffero e Affatato, esqueçam o Internacional - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão Colorada22/05/2020 | 08h00Atualizada em 22/05/2020 | 08h00

Lelê Bortholacci: Piffero e Affatato, esqueçam o Internacional

Ex-dirigentes tentam reverter expulsão do quadro social com recurso no Conselho

Lelê Bortholacci: Piffero e Affatato, esqueçam o Internacional Lauro Alves/Agencia RBS
Piffero é investigado pelo Ministério Público por supostos desvios em sua última gestão no Beira-Rio Foto: Lauro Alves / Agencia RBS
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Está em curso, até as 17h desta sexta-feira, uma votação online do Conselho Deliberativo do Internacional sobre um recurso apresentado por Vitorio Piffero e Pedro Affatato solicitando que sejam revistas suas respectivas expulsões do quadro social. Querem voltar a ser sócios. Para quê? Não estão satisfeitos com o estrago causado? 

Leia mais
Do céu ao inferno: a trajetória de Piffero no Inter
A sentença de Piffero está consumada no Inter
Como funcionará a votação do recurso de Vitorio Piffero no Conselho Deliberativo

A quantidade absurda de evidências já apresentadas pelo Ministério Público sobre como foi "gerido" o clube em 2015/16 já não é o suficiente para que estes dois senhores nunca mais frequentem as dependências do clube do povo? Pelo amor de Deus. Tenham um mínimo de decência depois de tudo que fizeram e esqueçam o Internacional. Conscientizem-se que as consequências de seus atos ainda estão longe de terminarem. 

E nem estou falando do rombo financeiro, mas de heranças que até hoje surgem e que, devidamente investigadas, procedem do mesmo período, como por exemplo, o horrível contrato assinado com a Turner sobre os direitos das transmissões de TV fechada. Além de esconder os jogos do clube em canais sem nenhuma tradição no esporte, ainda contém cifras bem abaixo do que o clube teria poder pra conseguir. 

Vamos acompanhar

O ano de 2016 ainda não acabou, e tenho certeza que mais lama vai surgir. Creio que estes senhores tenham que se preocupar, mesmo, é com o Ministério Público. E o sócio que fique bem atento à votação. Se existir algum conselheiro que compactue com a volta desta dupla ao clube, me soará bem estranho. Vamos acompanhar.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros