Lelê Bortholacci: a maior vitória do futebol gaúcho - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão Colorada05/06/2020 | 09h01Atualizada em 05/06/2020 | 09h01

Lelê Bortholacci: a maior vitória do futebol gaúcho

Triunfo que valeu ao Inter o Mundial de Clubes em 2006 é incomparável na história do esporte daqui

Lelê Bortholacci: a maior vitória do futebol gaúcho Ver Descrição/Ver Descrição
Ceará (com a taça) colocou Ronaldinho no bolso em Yokohama. E o mundo foi colorado Foto: Ver Descrição / Ver Descrição
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Neste domingo (7), o Rio Grande do Sul inteiro vai poder rever a maior vitória da história de seu futebol. Exatamente. Pode chorar, espernear, mas não adianta. Em nenhum outro momento, o futebol gaúcho foi maior do que em 17 de dezembro de 2006, quando o Internacional derrotou o todo-poderoso e multicampeão Barcelona, em Yokohama, no Japão, contrariando a quase tudo e a quase todos.

Vencer o melhor time do mundo, com o melhor jogador do mundo, na final do maior campeonato de clubes do mundo, é algo insuperável. Até hoje, impressiona. E machuca. Eu sei que existe uma turma aí que tenta diminuir o feito, falando que "o Barcelona jogou com time misto"... É tipo dizer que a Terra é plana. A liberdade de expressão da nossa democracia permite tais devaneios. Deixemos eles.

Leia mais
Marcelo Lomba participa de coletiva virtual e fala sobre preparação do Inter
Veja a posição dos clubes sobre a proposta da FGF de retomar o Gauchão em 15 de julho
Próximo de completar quinta semana de atividades, Inter mantém cronograma de treinamentos

Voltando à realidade, não existe melhor forma de mostrar ao mundo inteiro quem é o Sport Club Internacional. Certamente esse jogo — ou, pelo menos, uma parte dele — já foi exibido em muitas palestras e preleções por concentrações e vestiários por aí. Não faz muito tempo, vi num site esportivo uma enquete com torcedores do Brasil inteiro escolhendo qual havia sido a maior vitória brasileira numa final de Mundial. Deu Inter em 2006. Não tem erro. Chegou a hora de alguns reviverem e outros verem, na íntegra, pela primeira vez. Prepare seu coração. Domingo à tarde. O ápice. O êxtase. A glória máxima. O orgulho de ser colorado na sua plenitude. A maior conquista do Sport Club Internacional!

Coincidência

Quis o destino que a data que o jogo vai passar na TV seja exatamente a mesma que perdemos nosso ídolo Fernandão: 7 de Junho. Um dia que já é, naturalmente, de muita reflexão e oração de nossa torcida, será — neste maluco 2020 — de muito mais emoção.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros