Guerrinha: as dificuldades encontradas pelo Inter para manter os salários em dia - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Mágica07/07/2020 | 08h00Atualizada em 07/07/2020 | 08h00

Guerrinha: as dificuldades encontradas pelo Inter para manter os salários em dia

Clube viu as receitas diminuírem por conta da pandemia

Guerrinha: as dificuldades encontradas pelo Inter para manter os salários em dia Omar Freitas/Agencia RBS
Clube quitou os salários nesta segunda-feira (6) Foto: Omar Freitas / Agencia RBS

É quase uma magia.

Com muito menos receitas do que tinha nos tempos em que a bola rolava, torcendo pela presença dos compradores, o presidente do Inter, Marcelo Medeiros, conseguiu saldar os salários na segunda-feira (6), mantendo a motivação do vestiário.

Novamente com o caixa menor, o dirigente torce agora pela chegada do dinheiro da negociação de Erik, que pouco apareceu entre os titulares e foi anunciado pelo Al Ain, dos Emirados Árabes Unidos.

Campeão

Leia mais
Após acerto com Inter, Al Ain anuncia a contratação de Erik
Inter pode lucrar R$ 2,8 milhões na venda de Alex Santana
O entendimento da dupla Gre-Nal sobre possibilidade de Libertadores no Uruguai

O páreo está corrido.

Apesar de ser um clássico, a diferença entre Flamengo e Fluminense é do tamanho do oceano e a chance de acontecer uma surpresa é simplesmente nenhuma.

Em condições normais, o Mengão passa o carro no rival e nem suja o fardamento.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros