Lelê Bortholacci: retomada mais distante - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Vers?o mobile

 
 

Paixão Colorada01/07/2020 | 09h00Atualizada em 01/07/2020 | 09h00

Lelê Bortholacci: retomada mais distante

A incerteza segue dominante e precisamos continuar lidando com as idas e vindas de um possível retorno do futebol

Lelê Bortholacci: retomada mais distante Mateus Bruxel/Agencia RBS
Na gangorra de fatos e emoções do nosso dia a dia de pandemia, mais uma vez fica distante a volta do esporte no RS Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Na gangorra de fatos e emoções do nosso dia a dia de pandemia, mais uma vez fica distante a volta do esporte no RS. Além da declaração do governador, dizendo que "o futebol não é prioridade neste momento" — e, analisando os números atuais da covid-19, sou obrigado a concordar com ele — , na terça-feira (30) tivemos a notícia de que quatro jogadores do Inter testaram positivo e, por consequência, foram afastados e ficarão sem treinar por 14 dias.

Isso é um verdadeiro balde de água fria nas pretensões otimistas que tínhamos após a divulgação do excelente protocolo montado pela FGF, que previa a retomada do Gauchão para o meio do mês de julho. Algo que temos de aceitar. A incerteza segue dominante e precisamos continuar lidando com as idas e vindas de um possível retorno do futebol. Está complicado, mas é a nossa realidade.

Ainda considerando o estágio preocupante da pandemia aqui no RS, essa possibilidade de a dupla Gre-Nal atuar fora daqui em um possível inicio do Brasileirão em agosto me parece bem sensata. Se em outros Estados existe a condição de se realizar jogos, e os clubes sabem que precisam jogar para receber a verba da TV, que joguem onde for possível.

Leia mais
A posição do Inter sobre o futuro dos treinos após quatro casos de covid-19 no elenco
Inter espera liberação do governo do Estado para atividades com contato e, “por ora”, descarta treinar em SC
Clubes da Série A aprovam MP do Futebol; saiba a posição de Grêmio e Inter

Sem fator local

Independente de qual estádio for utilizado, não haverá público. O "fator local" não influenciará tão diretamente como estamos acostumados. Alguns campeonatos europeus, que já retornaram nesse formato, deixam isso bem claro.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros