Lelê Bortholacci: o grande dilema do futebol do Inter em 2020 - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão Colorada21/10/2020 | 09h00Atualizada em 21/10/2020 | 09h00

Lelê Bortholacci: o grande dilema do futebol do Inter em 2020

Eu acharia absolutamente normal que alguns jogadores fossem poupados contra a Católica

Lelê Bortholacci: o grande dilema do futebol do Inter em 2020 Jefferson Botega/Agencia RBS
Ao mesmo tempo que lidera o Brasileirão, duas competições com caminhos bem mais curtos fazem parte do calendário do Inter Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Imagino que Eduardo Coudet e todo o departamento de futebol colorado estejam no maior dilema do ano. Ao mesmo tempo que lideram o Campeonato Brasileiro, duas competições com caminhos bem mais curtos até seus respectivos títulos passam a fazer parte do calendário, simultaneamente. 

Em sã consciência, ninguém acredita que o Inter possa vencer mais de uma delas na mesma temporada. E como fazer para priorizar? Como decidir se, justamente na competição mais longa, estamos na liderança e nas mais curtas outros times estarão disputando muito mais focados? É uma verdadeira incógnita. Pense comigo: de hoje até o fim do campeonato brasileiro, teremos 21 jogos. Se formos até a final da Libertadores, 8 - já contando o jogo de amanhã - assim como na Copa do Brasil. Porém, nas Copas, basta uma noite ruim que tudo pode ruir em poucos minutos. No Brasileirão, já há um “descolamento” dos primeiros colocados do “segundo pelotão” e sempre que o Inter atinge a pontuação que hoje tem na tabela, chega a vaga direta na Libertadores, no mínimo. 

Leia mais
Inter pede explicação da CBF e "não vê com bons olhos" escala do VAR para jogo contra o Flamengo
STJD libera zagueiro titular do Inter para duelo contra o Flamengo

É claro que eu quero um título. Todos queremos. Mas, convenhamos, não é fácil decidir o que fazer agora. Nesta quinta-feira (22), por exemplo, eu acharia absolutamente normal que alguns jogadores fossem poupados visando ao confronto contra o Flamengo no domingo (25). E duvido que você discorde de mim. Num mundo ideal, vamos seguir com força máxima nas três competições. Mas isso, mal administrado, pode nos tirar de todas elas.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros