Luciano Périco: os jogos em que o Inter de Eduardo Coudet não pode errar - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Outubro vermelho20/10/2020 | 07h00Atualizada em 20/10/2020 | 07h00

Luciano Périco: os jogos em que o Inter de Eduardo Coudet não pode errar

Colorado define a vida na Libertadores e pode assumir a liderança isolada no Brasileirão

Luciano Périco: os jogos em que o Inter de Eduardo Coudet não pode errar Ricardo Duarte / Inter/Inter
Depois de cumprir a suspensão, Edenilson poderá estar em campo no Chile Foto: Ricardo Duarte / Inter / Inter

Uma semana de luxo. O Inter terá pela frente dois desafios gigantes. Primeiro, a viagem para Santiago, onde encara a Universidad Catolica-CHI pela Libertadores da América. Vamos combinar que a classificação colorada está mais do que encaminhada. Somente algo muito fora do comum, pode levar a uma eliminação prematura. Há a possibilidade de o técnico Eduardo Coudet poupar alguns titulares, pensando no baita duelo contra o Flamengo no domingo. Depois de cumprir suspensão, Edenilson deve retornar ao meio-campo. Retornando de lesão, Heitor e Musto ficam à disposição do treinador.

Como já venceu o Atlético-MG nas primeiras rodadas do Brasileirão, será fundamental brigar com força pelos três pontos contra o rubro-negro. A derrota do Galo para o Bahia em Pituaçu foi a pimenta adicional colocada para o duelo do final de semana. O embate contra o atual campeão nacional e continental, será o desafio mais difícil que o Colorado de Eduardo Coudet terá pela frente no Brasileirão. A amostragem que o rubro-negro deu contra o Corinthians no Itaquerão, aplicando um 5 a 1 incontestável, serve de alerta. É um adversário poderoso, que tem individualidades de extrema qualidade. 

Leia mais
Presidente do Inter lamenta divisão na direção: "O clube não precisava disso no meio das competições"
Todos precisam reconhecer o baita trabalho de Eduardo Coudet no Inter
Produtora assina com dupla Gre-Nal para lançar série sobre o clássico

Voltando ao jogo de quinta-feira (22), para a cair a casa colorada na Libertadores, a equipe teria que perder a partida no Chile e o Grêmio ser derrotado pelo América de Cali-COL na Arena, em um conjunção de de placares para a vaga ser decidida nos critérios de desempate. O saldo de gols do Inter é três positivo e do time colombiano é menos dois gols. Por isso, o principal ingrediente da rodada será a decisão do primeiro lugar do grupo E

A tendência é de o Tricolor ficar em primeiro. Só depende dele. Mas se o time de Renato Portaluppi tropeçar, empatando em casa, e o Inter vencer no Chile, os colorados terminam na primeira posição da chave pelo saldo. É importante terminar na posição um do grupo, porque, em tese, pega no sorteio um adversário que se classificou em segundo lugar. Será uma semana gigante para o Inter.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros