Luciano Périco: Abel Braga terá muito trabalho para recolocar o Inter nos eixos - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Em desvantagem12/11/2020 | 08h00Atualizada em 12/11/2020 | 08h00

Luciano Périco: Abel Braga terá muito trabalho para recolocar o Inter nos eixos

Colorado jogou muito mal e perdeu para o América-MG por 1 a 0 no Beira-Rio pela Copa do Brasil

Luciano Périco: Abel Braga terá muito trabalho para recolocar o Inter nos eixos Lauro Alves/Agencia RBS
Treinador estreia com derrota na sétima passagem pelo clube Foto: Lauro Alves / Agencia RBS

Vitória justa do América-MG no Beira-Rio na largada das quartas de final da Copa do Brasil. Não há o que reclamar. O Inter jogou muito pouco durante os 90 minutos. Importante ressaltar é que Abel Braga não tem qualquer responsabilidade. O treinador chegou e não teve tempo para treinar a equipe. Por isso, optou por colocar uma formatação muito parecida com aquela que Eduardo Coudet colocava em campo, com seus vícios e virtudes. 

O Colorado apresentou os mesmos problemas da última partida contra o Coritiba pelo Brasileirão. A saída de bola, da defesa para o ataque, é de uma lentidão irritante para quem está acompanhando a partida. Se olharmos as estatísticas do jogo, a posse de bola do Inter foi bem maior do que o América-MG. Mas a grande maioria do tempo é uma improdutiva troca de passes entre Zé Gabriel, Lindoso e Cuesta no campo de defesa. Quando tem a bola, não sabe o que fazer com ela.

Outro problema que Abel Braga detectou na entrevista coletiva é que a equipe colorada precisa criar mais. Muitas vezes, Cuesta estava armando jogadas na meia esquerda. A perda de Patrick com lesão muscular, ainda na primeira etapa, é um problema que seguirá para o final de semana contra o Santos na Vila Belmiro e no jogo de volta em Belo Horizonte. Além disso, ficou claro que faltou intensidade ao time colorado. 

Leia mais
Cotação GZH: confira as notas dos jogadores do Inter na derrota para o América-MG
Como foi quando o Inter perdeu a primeira em casa na Copa do Brasil
Time do Inter vai exigir muita criatividade de Abel Braga

Abelão demorou para fazer as trocas na etapa final. A melhor chance do Inter foi com Thiago Galhardo. Elas acabaram não surtindo efeito. D’Alessandro entrou mal na partida. Nonato e Yuri Alberto também pouco conseguiram produzir. Vale ressaltas que o adversário também teve seus méritos. O Coelho mostrou ser uma equipe extremamente organizada por Lisca. Levou muito perigo nas jogadas de Ademir pelo lado direito. O goleador Rodolfo deixou sua marca no placar. Já Zé Ricardo foi um marcador implacável no meio-campo. 

A vantagem do América-MG é grande. Tudo fica para o Horto na próxima semana. O Inter tem totais condições de reverter, fazer os dois gols de diferença. Mas não será nada fácil. Sem tempo para treinar e fazer correções, Abel Braga terá que tirar coelho de cartola.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros