Luciano Périco: o erro fatal do Inter na temporada - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Recomeço20/11/2020 | 10h00Atualizada em 20/11/2020 | 10h00

Luciano Périco: o erro fatal do Inter na temporada

Colorado precisa se reorganizar para seguir no Brasileirão e Libertadores

Luciano Périco: o erro fatal do Inter na temporada Ricardo Duarte/Internacional/Divulgação
Yuri Alberto pode assumir a titularidade do time colorado contra o Fluminense Foto: Ricardo Duarte / Internacional/Divulgação

As coisas parecem estar de cabeça para baixo no Inter. A entrevista do presidente Marcelo Medeiros, após a eliminação para o América-MG na Copa do Brasil, passou a imagem de que o dirigente está esgotado, tendo que levar o mandato até o final de dezembro. As turbulências foram muitas durante toda a gestão. Agora, para fechar 2020, não há como fazer milagre. É preciso encontrar uma saída nas duas competições que restam.

O grave erro do Colorado está na origem, quando as lideranças políticas do clube não mudaram a data da eleição presidencial por total falta de diálogo. Um pleito, em meio a temporada, criou um racha na gestão. E mais grave: se estabeleceu uma divisão dentro do vestiário, com a saída do vice de futebol Alessandro Barcellos. Além disso, o diretor executivo Rodrigo Caetano tem o contrato encerrando em dezembro. Não sabe se vai permanecer. Para o azar do Inter, a política entrou em campo, redundando na saída de Eduardo Coudet.

Leia mais
Patrick e Nonato testam negativo para covid-19 e podem retornar ao Inter contra o Fluminense
Sob protestos, Inter desembarca em Porto Alegre após eliminação na Copa do Brasil
Os números de Yuri Alberto pelo Inter contra o América-MG

A eliminação na Copa do Brasil para o Coelho já é fato consumado. É preciso olhar para frente. Não há mais como contratar jogadores. É preciso parar, respirar, pensar e recomeçar. Tentar salvar o que ainda resta. Não é pouca coisa. O Colorado ainda está na briga pelo título Brasileirão e vai iniciar um duelo com o Boca Juniors-ARG nas oitavas de final da Libertadores. Óbvio que são tarefas duríssimas. Mas é preciso pelo menos lutar. Abel Braga terá o papel fundamental para reorganizar a casa. O jogo no Horto mostrou que a equipe do Inter precisa apostar mais na gurizada. Yuri Alberto e Heitor devem ser titulares. Outros jovens do grupo, como Johnny, Praxedes, Nonato, Caio e Peglow, também podem ganhar espaço. 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros