Lelê Bortholacci: o título brasileiro ao alcance do Inter - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão colorada11/01/2021 | 08h00Atualizada em 11/01/2021 | 08h00

Lelê Bortholacci: o título brasileiro ao alcance do Inter

Vitória sobre o Goiás deixou o Colorado a três pontos da liderança do campeonato

Lelê Bortholacci: o título brasileiro ao alcance do Inter Jefferson Botega/Agencia RBS
Inter de Abel Hernández venceu no Beira-Rio Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

A quinta vitória consecutiva no Brasileirão mostrou, definitivamente, que o Inter está vivíssimo na disputa pelo titulo. As coisas já começaram a dar certo antes do jogo começar. 

Parece mentira mas, de novo, os resultados paralelos da rodada ajudaram. O Colorado entrou em campo logo após as derrotas simultâneas de São Paulo e Flamengo já sabendo que uma vitória lhe deixaria a apenas três pontos da liderança.

Como na última quinta-feira, os primeiros 45 minutos foram de muita dificuldade. A diferença foi que a bola entrou. Mas não foi fácil chegar ao gol do Goiás. Nonato não conseguiu entregar a mesma dinâmica que Edenilson dá ao time e Patrick sucumbiu à marcação. Sem rendimento do meio de campo, o ataque era pouco municiado. 

Leia mais
Abel Braga elogia postura do Inter: "Só com uma entrega como essa haverá resultado"
Moledo elogia boa fase dos jovens do Inter: "Gurizada está trabalhando forte"
Cotação GZH: veja as notas dos jogadores do Inter na vitória sobre o Goiás

É verdade que não faltava empenho. E um dos mais empenhados era Praxedes. O garoto não se omitiu do jogo, apareceu em todas as partes do campo, sempre procurava a jogada vertical e teve seu esforço premiado, fazendo o primeiro gol como profissional e reestreando as redes “véu de noiva” que voltaram a fazer parte das goleiras do Beira-Rio. 

Com a vantagem, Abel arrumou o time para matar o jogo em um contra-ataque. Só que o segundo gol não veio e acabamos o jogo encurralados por um candidato ao rebaixamento. 

Ao mesmo tempo que sobrou competência na defesa, faltou no ataque. Mas pouco importa: o Inter de Abelão é eficiente. E o titulo do Brasileirão está, oficialmente, ao nosso alcance.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros