Zé Alberto: o drama que preocupa o Inter na busca pelo título - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Desfalques14/01/2021 | 08h00Atualizada em 14/01/2021 | 08h00

Zé Alberto: o drama que preocupa o Inter na busca pelo título

Semana começou com duas péssimas notícias para a torcida colorada

Zé Alberto: o drama que preocupa o Inter na busca pelo título Jefferson Botega/Agencia RBS
Abel Braga precisará mexer nas duas pontas da equipe por conta de lesões graves em um momento decisivo do Brasileirão Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS
José Alberto Andrade
José Alberto Andrade

ze.alberto@rdgaucha.com.br

Em dois dias, duas pauladas nos colorados. A primeira foi a lesão muscular de Thiago Galhardo, mas essa se mostrava de solução a médio prazo e com a possibilidade de reposição qualificada com Yuri Alberto. A ruptura de ligamentos de Rodrigo Moledo, porém, é daquelas notícias que abalam muitas estruturas no Inter.

Primeiro há o drama pessoal de um jogador que ficará meio ano sem poder jogar. Depois vem o prejuízo inestimável para a equipe que viu uma reestruturação na zaga com a volta de Moledo por obra de Abel Braga, corrigindo um erro imperdoável de Eduardo Coudet.

Leia mais
Inter e agentes de Taison agendam nova reunião para discutir valores: "Vamos analisar"
Quanto receberão os seis primeiros colocados no Brasileirão de 2020
Andrés Geromel: o bebê que leva no nome homenagem a ídolos rivais

Qualquer que seja o substituto, a perda é incalculável para a produção defensiva colorada. Além de fragilizar a equipe que busca o título brasileiro, abre a necessidade da nova diretoria já pensar em reforço externo para a próxima temporada. 

Reposição 

Sem Rodrigo Moledo, Abel vai precisar apostar numa reposição que não goza de confiança plena. Zé Gabriel era volante, foi colocado como zagueiro por Coudet, começou bem, mas oscilou, como é normal para os garotos e hoje paga caro por isto. Ele não joga mais em nenhuma posição, deixou de ser opção imediata e a confiança do torcedor foi para o espaço.

Lucas Ribeiro deve ser a primeira opção já para a partida contra o Fortaleza. Dele, pouco se sabe pois não apareceu como titular desde que chegou ao clube. Caberá a quem atuar pelo lado direito, funcionar bem na sua e dar sustentação para Victor Cuesta que não vinha bem, mas que se recuperou ao lado do antigo parceiro Moledo.


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros