Guerrinha: Inter precisa ter mais do que cuidado no Maracanã, será necessário atitude - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Coragem, Colorado19/02/2021 | 07h00Atualizada em 19/02/2021 | 07h00

Guerrinha: Inter precisa ter mais do que cuidado no Maracanã, será necessário atitude

Flamengo tem time ousado e precisa ser combatido com firmeza

Guerrinha: Inter precisa ter mais do que cuidado no Maracanã, será necessário atitude Isadora Neumann/Agencia RBS
Patrick (D), que ajudou o Inter no confronto com o Flamengo no primeiro turno , cumpriu suspensão e é reforço para Abel Braga Foto: Isadora Neumann / Agencia RBS

Todo o cuidado é pouco. Uma das receitas que o Inter não pode esquecer de colocar na bagagem para a decisão contra o Flamengo, domingo (21), no Maracanã, atende pelo nome de atitude, que significa marcar forte sem a bola e jogar quando estiver com ela.

Se conseguir encaixar a marcação, especialmente nos volantes armadores Diego e Gerson, o time do técnico Abel Braga tem condições de equilibrar o confronto no meio-campo, lugar onde as coisas acontecem, e correr menos riscos de ser atacado pelo velozes e certeiros jogadores do time carioca.

Leia mais
Relembre outros confrontos decisivos entre Inter e Flamengo
De volta após suspensão, Patrick fala sobre momento do Inter: "Estamos em um caminho certo"
Veja quanto Inter e Flamengo gastaram para montar os seus grupos que brigam pelo título

Parece que virou febre

Apesar de mais fracassos do que sucessos, os treinadores estrangeiros seguem estão sendo lembrados, mais do que nunca, por boa parte dos nossos dirigentes.

Agora é esperar pelo começo das competições para se saber o que vai acontecer.

Deu pena de ver

Motivado com a chance de arrumar vaga na pré-Libertadores, o Corinthians jogou coisa nenhuma, perdeu para o Santos e mostrou que precisa de muitos reforços para voltar a ser confiável.

Do jeito que está, o Timão não assusta ninguém e tem pouca chance até no Paulistão.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros