Lelê Bortholacci: a taça do Brasileirão ainda não tem dono - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão Colorada22/02/2021 | 07h00Atualizada em 22/02/2021 | 07h00

Lelê Bortholacci: a taça do Brasileirão ainda não tem dono

Inter não depende mais de si, mas ainda pode levar o título na última rodada

Lelê Bortholacci: a taça do Brasileirão ainda não tem dono Jefferson Botega / Agencia RBS/Agencia RBS
Colorado precisa vencer o Corinthians e torcer por tropeço do Flamengo na última rodada Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS / Agencia RBS
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Era um jogaço de bola. Inter e Flamengo faziam um enfrentamento digno das únicas duas equipes que ainda disputavam o título. Parelho. Tenso. Mas aí o árbitro resolveu aparecer. Ser o protagonista. E eu me sinto muito tranquilo pra falar sobre isso, porque elogiei a escalação de Raphael Claus para apitar o jogo mais decisivo do campeonato. 

Mas vai entender, justo neste domingo (21) ele mudou o critério que usou durante todo o Brasileirão. O pé de Rodinei errou a bola e pegou em cheio o tornozelo de Filipe Luís. Assim como o de Cortez pegou o tornozelo de Heitor no Gre-Nal do primeiro turno, também apitado por ele. Na Arena, cartão amarelo. No Maracanã, vermelho. 

Leia mais
"Vou injetar dinheiro no São Paulo para o Inter ser campeão", diz torcedor que pagou multa de Rodinei
Cotação GZH: veja as notas dos jogadores do Inter na derrota para o Flamengo
Abel Braga elogia postura do Inter e reclama da arbitragem no Maracanã

Se já era difícil 11 contra 11, com um a menos ficou quase impossível. Mesmo assim, houve luta, dedicação e, principalmente, respeito à nossa camisa. A cena no final do jogo foi emblemática: com um jogador a mais em campo, os reservas (e alguns titulares) do Flamengo pediam desesperadamente o fim do jogo, com direito ao seu treinador atrapalhar um jogador nosso na cobrança de lateral. Patético, mas o futebol brasileiro é isso aí mesmo.

Com centenas de milhões de reais a mais, o todo poderoso Flamengo conseguiu nos ultrapassar na tabela. Só que o campeonato ainda não acabou. Não dependemos mais de nossas forças  – e isso é, sim, consequência de erros cometidos pelo nosso time durante a campanha – mas a última rodada reserva aos cariocas um enfrentamento contra o clube mais vitorioso deste país e que, mesmo fora da disputa do título, tenho certeza que jogará com total dignidade. 

A taça ainda não tem dono, amigos.

 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros