Luciano Périco: Inter ainda não pode jogar a toalha no Brasileirão - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Última rodada22/02/2021 | 08h00Atualizada em 22/02/2021 | 08h00

Luciano Périco: Inter ainda não pode jogar a toalha no Brasileirão

Colorado joga por vitória sobre o Corinthians e torce por empate do Flamengo contra o São Paulo para conquistar o título

Luciano Périco: Inter ainda não pode jogar a toalha no Brasileirão Jefferson Botega / Agencia RBS/Agencia RBS
Edenílson saiu lesionado do duelo do Maracanã Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS / Agencia RBS

O Inter entrou em campo no Maracanã dependendo de suas forças para quebrar um jejum de 41 anos. Depois dos 90 minutos, a derrota por 2 a 1 para o Flamengo deixou o título do Brasileirão mais longe do Beira-Rio. Agora o time carioca só depende de uma vitória sobre o São Paulo no Morumbi para ser campeão. Só que o Inter ainda não pode jogar a toalha. Tudo vai se definir na quinta-feira (25).

Quando o duelo teve 11 contra 11, o Colorado teve uma postura interessante, marcando muito bem a saída de bola dos cariocas. Muito cedo, o Inter largou na frente no marcador, indicando que o sonho do tetra podia virar realidade. Yuri Alberto sofreu o pênalti, puxado pela camisa por Gustavo Henrique, que foi convertido por Edenilson.

A partir da vantagem no marcador, como já aconteceu muitas vezes na temporada, o time de Abel Braga recuou. Cedeu terreno e acabou sofreu o empate. As individualidades do Fla fazem toda a diferença, apesar de que coletivamente o time de Rogério Ceni ainda está longe de ser uma unanimidade. O 1 a 1, com gol de Arrascaeta, nasceu em jogada de Bruno Henrique pela esquerda.

O lance capital, que mudou o rumo da história, aconteceu no início do segundo tempo. Tudo complicou de vez para o Inter, quando ocorreu a expulsão de Rodinei, após falta em Filipe Luiz. Decisão muito discutível do árbitro Raphael Claus, após olhar o lance pelo VAR. O árbitro de vídeo tem sido protagonista durante o campeonato, em várias partidas, com falta de critérios. O Inter tem toda a razão de reclamar. Até nem falo em má fé. É pura incompetência.

Leia mais
Cotação GZH: veja as notas dos jogadores do Inter na derrota para o Flamengo
Abel Braga elogia postura do Inter e reclama da arbitragem no Maracanã
"Fui punido erroneamente", lamenta Rodinei após expulsão contra o Flamengo

Com um homem a menos, tendo que correr mais, o desgaste foi bem maior específico da expulsão do lateral-direito. Na sequência do jogo, o Fla acabou fazendo 2 a 1 com uma jogada bem construída e finalizada por Gabriel. Pela necessidade de buscar o empate, o time colorado abriu espaços. Correu risco de sofrer mais gols. Pedro teve anulado um lance em que meteu na rede. Algumas peças estiveram abaixo do padrão. Patrick demorou a encaixar a sua tradicional jogada pela esquerda. Praxedes acabou sendo sacrificado para repor um defensor com a entrada de Heitor. Mesmo com o erro da arbitragem no Rio de Janeiro, fica o sentimento de culpa da inexplicável derrota para o Sport no Beira-Rio. Agora tudo fica para a última rodada. A taça está na mão do Flamengo. Mas nada está terminado. Será preciso o Inter vencer o Corinthians e torcer por pelo menos um empate dos cariocas contra o São Paulo. Difícil, mas não impossível! 

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros