Luciano Périco: Inter não pode cair na esparrela do Flamengo - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Ligado 18/02/2021 | 06h00Atualizada em 18/02/2021 | 06h00

Luciano Périco: Inter não pode cair na esparrela do Flamengo

Colorado deve focar no campo na decisão de domingo

Luciano Périco: Inter não pode cair na esparrela do Flamengo Ricardo Duarte/Inter/Divulgação
Rodinei deve estar em campo, com o clube gaúcho pagando a multa de R$ 1 milhão aos cariocas Foto: Ricardo Duarte / Inter/Divulgação

Os bastidores do duelo de domingo (21) no Maracanã estão fervendo. Após a vitória sobre o Vasco, o presidente do Inter, Alessandro Barcelos, reclamou sobre questões recentes de arbitragem, principalmente do pênalti mal marcado, que redundou no terceiro cartão amarelo para Cuesta. O dirigente enfatizou estar atento e que não vai aceitar interferências externas nos jogos que restam para a decisão do Brasileirão.

Por outro lado, repercutindo a fala de Barcellos, o vice de futebol do Flamengo, Marcos Braz, adotou um discurso irônico, afirmando que o mandatário colorado não estaria acostumado a decisões e que seria uma piada a reclamação feita pelo presidente colorado. O Inter não pode se abalar e cair na conversa fiada do dirigente carioca. Os acontecimentos das últimas temporadas mostram que a soberba toma conta do ambiente da Gávea. É reconhecida a força política do clube do Rio de Janeiro na CBF.

A história mostra que declarações polêmicas ao microfone, antes de grandes duelos, não entram dentro de campo. Servem apenas para acirrar os ânimos. É hora de blindar o vestiário. Abel Braga é especialista nesse quesito. Com elenco milionário, de jogadores badalados, o Flamengo defende o título. É óbvio que há muita qualidade na equipe que conta com Diego, Gerson, Arrascaeta, Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabriel. Ainda no banco tem o centroavante Pedro, um fazedor de gols nato.

Leia mais
Estilos diferentes, resultados parecidos: o duelo tático de Inter e Flamengo
Contra o Flamengo, Inter usará a sétima dupla de zaga diferente no Brasileirão; confira os números
Pressão alta ou espera por um contra-ataque: como o Inter deve se comportar contra o Flamengo

O Inter vai precisar armar uma estratégia para quebrar a ligação entre meio-campo e ataque do qualificado adversário. E agredir. Criar desconforto. A defesa carioca é o ponto fraco do time. 

Se o Fla tem individualidades poderosas, a equipe de Abelão tem no coletivo a sua principal arma. Os jogadores colorados terão que entrar com o espírito de que será o jogo da vida. Contra um Rubro-negro acostumado com o caviar, o Inter terá que brigar por um prato de comida. 

É fato que o Colorado joga por dois resultados no Maracanã. Vencendo, já garante o título. Se empatar, leva a vantagem de um ponto na última rodada. Na realidade, é difícil prever o resultado. O Brasileirão 2020 já mostrou que tudo pode acontecer!
 

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros