Lelê Bortholacci: apesar da relação estremecida, tudo pode se resolver entre Guerrero e Inter - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão Colorada06/05/2021 | 09h00Atualizada em 06/05/2021 | 09h00

Lelê Bortholacci: apesar da relação estremecida, tudo pode se resolver entre Guerrero e Inter

Clube anunciou na terça-feira que atacante vai cumprir seu contrato até o final do ano

Lelê Bortholacci: apesar da relação estremecida, tudo pode se resolver entre Guerrero e Inter Marco Favero / Agencia RBS/Agencia RBS
Peruano pode recuperar seu prestígio com a torcida: basta fazer gols, muitos gols Foto: Marco Favero / Agencia RBS / Agencia RBS
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

O episódio Guerrero teve um final feliz, pelo menos por enquanto, para clube e jogador. No caso do Inter, uma conduta exemplar da diretoria, que “apenas” exigiu que Guerrero cumprisse as cláusulas contratuais que previam multa para que ele pudesse sair na hora em que bem entendesse. E, por mais óbvio que seja, nunca é demais lembrar que contratos são redigidos e assinados para ser cumpridos.

Desde o início deste rolo, ficou cristalino que havia a intenção do peruano — segundo as palavras de seu empresário — em encerrar o vínculo. A consequência lógica disso é um desgaste natural com a torcida. Isso pode tranquilamente ser resolvido pelo próprio Paolo Guerrero, fazendo o que sabe fazer de melhor: gols. É o que sempre esperamos dele. E o que continuaremos querendo.

Leia mais
Presidente do Inter comenta permanência de Guerrero: "Viramos a página e contamos com ele"
Abel Braga fala sobre rotina no Rio e relembra perda do Brasileirão pelo Inter: "Não foi justo"
Patrick tem lesão muscular e desfalca o Inter por pelo menos 10 dias

Defender os interesses do clube, sempre

Faço questão de, mais uma vez, parabenizar a direção colorada pela forma com que tratou o assunto, mantendo o tempo todo uma postura de defesa do clube e do que deveria ser cumprido. Assim como cobramos dos jogadores, dentro de campo, que honrem nossa centenária camisa, também queremos que os dirigentes defendam sempre, prioritariamente, o que é melhor para o Inter.

Nem Paolo Guerrero, nem nenhum outro jogador, é maior do que o Sport Club Internacional. Este foi mais um ato da recém iniciada gestão de Alessandro Barcellos que agrada em cheio o torcedor colorado.

colorado.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros