Lelê Bortholacci: será uma longa semana para o torcedor colorado - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão Colorada18/05/2021 | 08h00Atualizada em 18/05/2021 | 08h00

Lelê Bortholacci: será uma longa semana para o torcedor colorado

Inter tem duas partidas decisivas, tanto pela Libertadores quanto pelo Gauchão

Lelê Bortholacci: será uma longa semana para o torcedor colorado Ricardo Duarte / Inter/Divulgação/Inter/Divulgação
Miguel Ángel Ramírez encara partidas que valem o semestre nos próximos dias Foto: Ricardo Duarte / Inter/Divulgação / Inter/Divulgação
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Em total turbulência depois de duas derrotas em sequência, o Inter entra em uma semana decisiva para suas pretensões na temporada. Não há dúvida nenhuma de que o jogo contra o Olimpia, na quinta-feira (20), deve ser tratado como total prioridade. De Gauchão, voltamos a falar no dia seguinte.

Mesmo que com o futebol apresentado até agora não exista a mínima chance de se cogitar o Inter vencendo a Libertadores, seguir na competição é muito importante. Ela é longa e muita coisa acontece no seu caminho. E, claro, as premiações por passagem de fase também são essenciais para a difícil saúde financeira do clube.

Leia mais
A logística do Inter para a primeira semana decisiva de 2021
Por recomendação de Abel, Rodrigo Dourado pode sair do Inter
Após derrota no Gre-Nal, Inter inicia preparação para duelo com o Olimpia

Se há desgaste físico de alguns jogadores — e fica bem nítido isso quando se perdem dois jogos, em sequência, de virada —, que eles não sejam escalados contra o Olimpia. Precisamos de foco e força total neste que é o jogo mais importante do ano até agora. Ainda mais por ser fora de casa, onde nem um mísero empate conseguimos no grupo.

Some-se a isso o abatimento após mais uma derrota em Gre-Nal e a apatia que tem se mostrado presente quando o Inter atua fora de seus domínios. Temos um quadro bem complicado para este jogo, mesmo considerando que o encontro no primeiro turno terminou 6 a 1 para nós.

Sob pressão

Vejam a situação esdrúxula em que o próprio time se colocou: entrará em campo sob grande pressão e não pode nem pensar em perder para um adversário que ele mesmo goleou há 15 dias. Será uma longa semana.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros