Luciano Périco: Thiago Galhardo precisa aparar arestas para seguir no Inter - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Futuro incerto19/08/2021 | 07h00Atualizada em 19/08/2021 | 07h00

Luciano Périco: Thiago Galhardo precisa aparar arestas para seguir no Inter

Jogador retornou aos treinamentos no CT Parque Gigante, mas pode não ser relacionado para encarar o Santos

Luciano Périco: Thiago Galhardo precisa aparar arestas para seguir no Inter Ricardo Duarte / Inter,Divulgação/Inter,Divulgação
Meia-atacante foi afastado da concentração antes da partida contra o Fluminense Foto: Ricardo Duarte / Inter,Divulgação / Inter,Divulgação

Após ficar de fora da partida contra o Fluminense no último domingo (15), Thiago Galhardo já voltou a treinar com os companheiros no CT Parque Gigante. A informação, trazida pelo narrador e colunista de GZH, Pedro Ernesto Denardin, é de que o atacante fez duras cobranças ao diretor Paulo Bracks, por não estar sendo utilizado por Diego Aguirre no time titular. Claro que o dirigente minimizou o fato. Fica a dúvida, se agora ele será relacionado para o duelo contra o Santos no final de semana. As coisas não podem ser assim, na base do carteiraço. Agir dessa forma é inoportuno. Tem que respeitar os companheiros que estão jogando. 

Mas os bastidores do Colorado indicam outros casos de mau comportamento do atacante nos últimos tempos. O jogador foi um dos principais alvos das críticas da galera, após a eliminação para o fraco Olimpia-PAR na Libertadores. Pelas suas manifestações externas, Thiago Galhardo mostrou que é um cara inteligente, bem articulado. Dentro de campo, já mostrou que tem qualidade técnica e sabe fazer gols. O problema é a reincidência em situações de indisciplina. 

Leia mais
Paolo Guerrero se envolve em acidente de carro na zona sul de Porto Alegre
Inter define formato de saída do zagueiro Pedro Henrique para o Sport
Aguirre analisa prós e contras para escalar Heitor ou Mercado na lateral do Inter

Vamos lembrar que ele acabou saindo brigado do Vasco em 2019, após crise interna com a direção. Depois, no Ceará, teve problemas com o técnico Adilson Batista. Em entrevista no Show dos Esportes no ano passado, quando questionado sobre o jogador, preferiu não falar. Agora surgem as questões internas no Inter. Thiago Galhardo precisa segurar a onda. Calçar as sandálias da humildade. Se ele perdeu espaço na equipe, foi por causa do seu desempenho. Não há injustiça. Yuri Alberto está fazendo por merecer a titularidade. O ideal para as duas partes, seria aparar as arestas e seguir a vida. Mas se Thiago Galhardo não estiver realmente focado, terá que procurar um novo caminho.

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros