Guerrinha: a postura do Inter para encarar o Fortaleza - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

No Beira-Rio17/09/2021 | 07h00Atualizada em 17/09/2021 | 07h00

Guerrinha: a postura do Inter para encarar o Fortaleza

Colorado precisa ter a iniciativa para conquistar os três pontos

Guerrinha: a postura do Inter para encarar o Fortaleza Marco Favero / Agencia RBS/Agencia RBS
Inter enfrenta o Fortaleza, no domingo, às 11h, pelo Brasileirão Foto: Marco Favero / Agencia RBS / Agencia RBS

Tudo terá de ser diferente. Ao contrário do que fez em Goiânia e Recife, quando deu a bola para os adversários, o Inter precisa ter a iniciativa, domingo (19), contra o Fortaleza, no Beira-Rio, para conquistar os três pontos.

Em casa, contra um rival que gosta de sair para o ataque, o time do técnico Diego Aguirre necessita ser agressivo, mostrar do primeiro ao último minuto que tem qualidade para somar três pontos e se candidatar, no mínimo, a um lugar na Sul-Americana de 2022.

Leia mais
Inter faz diagnóstico para queda de desempenho e projeta melhora contra o Fortaleza
Heitor mostra polivalência no Inter e conquista espaço com Diego Aguirre
Dois volantes ou formação ofensiva? Como deve ser o meio-campo do Inter contra o Fortaleza


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros