Gustavo Manhago: por que Saravia e Moisés voltam ao time titular do Inter - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Uma pergunta para Aguirre30/09/2021 | 08h00Atualizada em 30/09/2021 | 08h00

Gustavo Manhago: por que Saravia e Moisés voltam ao time titular do Inter

Paulo Victor e Heitor deram conta do recado e têm mais chance de crescerem com sequência

Gustavo Manhago: por que Saravia e Moisés voltam ao time titular do Inter Ricardo Duarte / Inter,Divulgação/Inter,Divulgação
Mesmo sendo reserva, garoto carioca PV é o jogador do Colorado que mais dribles acertou no Brasileirão Foto: Ricardo Duarte / Inter,Divulgação / Inter,Divulgação

O Inter vai encarar um Galo ferido, no sábado (2), pelo Brasileirão, em Belo Horizonte. O Atlético-MG caiu na Libertadores mas ainda tem boa vantagem na liderança da tabela nacional, além de estar na semifinal da Copa do Brasil.

Para encará-lo, o técnico Diego Aguirre vai escalar os laterais Saravia e Moisés, que voltam de suspensão. Heitor e Paulo Victor voltam pro banco. Deveriam? Tenho certeza que não.

Os jovens têm dado contribuição bem superior que os titulares. Se Aguirre não quer desfazer a dupla de volantes Dourado e Lindoso, e insiste com o inoperante Patrick pelo lado esquerdo, nas laterais deveria ser bem mais ousado.

Leia mais
Desenho Tático: o que o Inter pode esperar do Atlético-MG após a eliminação da Libertadores
"Já estou os esperando há muito tempo", diz Taison sobre retorno dos torcedores ao Beira-Rio
Inter divulga diretrizes para retorno de público ao Beira-Rio

No futsal, Brasil parou em Sarmiento

O mundo evoluiu. Já não somos mais os melhores com a bola nos pés. Perdemos no campo, na praia e agora na quadra. O futsal do Brasil foi eliminado na quarta-feira (29) pela Argentina, na Copa do Mundo, da Lituânia, e está fora da decisão. Foi um jogo equilibrado, que a Seleção Brasileira dominou, criou mas parou no ótimo goleiro argentino Sarmiento. Nosso último título foi em 2012, ainda com Falcão. Mas chegamos entre os quatro melhores. Não podemos ganhar sempre. Só um é campeão e a Argentina, atual campeã mundial, que aprendeu conosco, derrubou o mestre.  

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros