Luciano Périco: Inter pode ficar entre o céu e o inferno no Brasileirão - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Vencer ou vencer13/09/2021 | 06h00Atualizada em 13/09/2021 | 06h00

Luciano Périco: Inter pode ficar entre o céu e o inferno no Brasileirão

Colorado visita o Sport na Ilha do Retiro de olho nos três pontos para subir na tabela

Luciano Périco: Inter pode ficar entre o céu e o inferno no Brasileirão Ricardo Duarte / Inter,Divulgação/Inter,Divulgação
Bruno Méndez (E) e Victor Cuesta (D) estão confirmados na zaga colorada Foto: Ricardo Duarte / Inter,Divulgação / Inter,Divulgação

O Inter entra em campo para buscar uma vitória importante contra o Sport nesta segunda-feira (13). É o jogo ideal, contra um adversário que vem mal no Brasileirão, para fazer os três pontos e encostar de vez no G-6. Não é hora de pensar em tropeçar. O Cuiabá venceu o Juventude no Alfredo Jaconi e entrou na peleia. Se juntou a Corinthians e Atlético-GO, que empataram em Goiânia, e ao Fluminense na luta por uma vaga na Libertadores. A abertura do returno teve bons resultados para as pretensões coloradas. Santos, Bahia, Ceará e Athetico-PR marcaram passo na rodada. Só que um empate no Recife empaca a vida colorada. 

Por outro lado, se o Colorado bobear contra o Sport, pode ficar perto da turma na ponta de baixo da tabela. Há um agrupamento grande de equipes na zona média da tabela de classificação. Do Corinthians, sexto colocado com 29 pontos, até o São Paulo - primeiro time fora do Z-4 com 22 pontos - estão 11 equipes. Vale lembrar que o Inter entra em campo na Ilha do Retiro na 12ª colocação com 23 pontos. 

Leia mais
Matheus Cadorini é a novidade na lista de relacionados do Inter para enfrentar o Sport
O jogo que pode ser um divisor de águas na vida do Inter
Sport x Inter: horário, como assistir e tudo sobre o jogo da 20ª rodada do Brasileirão

No atual momento do Brasileirão, a distância entre o céu e o inferno é pequena. Somente o Colorado poderá escolher qual o caminho que pretende seguir. De volta da Seleção Brasileira, Edenilson é um baita acréscimo ao time de Diego Aguirre. A volta de Saravia na lateral-direita, a escolha por Johnny e Lindoso como os volantes de marcação e a opção por Maurício na vaga de Taison vão deixar a equipe colorada em condições de trazer três pontos na bagagem.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros