Lelê Bortholacci: uma reta final de temporada para dar minutagem para a gurizada do Inter - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão colorada26/10/2021 | 06h00Atualizada em 26/10/2021 | 06h00

Lelê Bortholacci: uma reta final de temporada para dar minutagem para a gurizada do Inter

Não temos mais nada a perder em 2021

Lelê Bortholacci: uma reta final de temporada para dar minutagem para a gurizada do Inter Marco Favero / Agencia RBS/Agencia RBS
Entrada de Gustavo Maia contra o Corinthians foi uma verdadeira injeção de ânimo na torcida Foto: Marco Favero / Agencia RBS / Agencia RBS
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Como não há jogos pelo único campeonato que nos restou na temporada, teremos a semana cheia para apenas treinar e descansar. O descanso — só temos jogo no domingo e a viagem será no sábado — cai muito bem para uma parte do grupo do Inter que está realmente demonstrando desgaste físico latente, enquanto a grande quantidade de treinos devem colaborar para que o time apresente alguma evolução na sua forma de jogar, principalmente com as alternativas que possui no grupo. 

Não temos mais nada a perder em 2021. Não ha nenhuma chance de conseguirmos algo além de uma vaga direta na Libertadores, mas até isso vai se complicando. São muitos pontos perdidos exatamente para os concorrentes diretos, sendo que os dois últimos jogos escancararam que a tática de “administrar a vantagem” não está dando muito certo.

Leia mais
TJ-RS suspende torcidas organizadas do Inter e do Corinthians por seis meses
Inter é líder em expulsões e o terceiro com mais amarelos no Brasileirão

Novidade

A entrada de Gustavo Maia foi uma verdadeira injeção de ânimo na torcida, que passa quase um jogo inteiro vendo seu time — em vantagem no placar — chamar o adversário pra cima e, só depois de ser vazado, ir enfaticamente atrás de outro gol. Não vou jogar toda a esperança de dias melhores em um menino que recém está chegando, mas queremos ver mais ele em campo. 

Queremos ver mais Mauricio, mais Paulo Victor, mais Johnny. Queremos o ânimo e a vontade dos guris em mostrar serviço. Eles precisam de minutagem, pois vão cometer erros. Não há mais porque esperar. O ano de 2022 já começou. 

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros