Lelê Bortholacci: Edenilson é reforço de luxo para jogo contra o Fluminense - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão colorada24/11/2021 | 09h00Atualizada em 24/11/2021 | 09h00

Lelê Bortholacci: Edenilson é reforço de luxo para jogo contra o Fluminense

Inter entra em campo às 21h30min desta quarta-feira, pelo Brasileirão

Lelê Bortholacci: Edenilson é reforço de luxo para jogo contra o Fluminense Ricardo Duarte / Inter,Divulgação/Inter,Divulgação
Sem Edenilson e Yuri Alberto, o time perde muito poder ofensivo Foto: Ricardo Duarte / Inter,Divulgação / Inter,Divulgação
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Numa semana com notícias ruins dentro e fora de campo, a liberação de Edenilson para o jogo desta quarta-feira (24) é um alento. Sem ele e Yuri Alberto, o time perde muito poder ofensivo. 

Se ainda considerarmos o baixíssimo aproveitamento do Colorado fora de casa, qualquer desfalque complica na luta por um resultado positivo contra um adversário direto por uma vaga na Libertadores. E que faz uma campanha bem parecida com a nossa. Não só na pontuação, mas também na gritante diferença de performance dentro e fora de casa. 

Como o jogo é no Maracanã, o favoritismo é deles, não há dúvida. Mas já passou da hora do Inter voltar a triunfar longe do Beira-Rio, se realmente quiser buscar uma vaga no G-6. Em caso de derrota — e alguns resultados paralelos bem prováveis de acontecer — nosso destino acabará sendo a Sul-Americana mesmo.

Leia mais
Fluminense x Inter: horário, como assistir e tudo sobre o jogo da 35ª rodada do Brasileirão
Inter consegue efeito suspensivo e terá Edenilson contra o Fluminense
Com dores no pé, Yuri Alberto não treina e deve desfalcar o Inter contra o Fluminense

Palacios e Cadorini juntos

Já para o lugar do lesionado Yuri Alberto, Aguirre pode optar por repetir a escalação de Carlos Palacios como falso 9 ou botar o garoto Matheus Cadorini para jogar. Eu prefiro a segunda opção, pois os melhores momentos da temporada sempre foram com um centroavante de ofício. 

Nada interessa além de uma vitória. E mais: a melhora recente de Palacios coincide com sua colocação como penúltimo homem, justamente com a principal incumbência de servir o atacante mais próximo do gol. Da até para escalar os dois juntos, mas aí tem de mexer em pilares que raramente são mexidos neste grupo. Nem vou criar muita expectativa… 

vou criar muita expectativa… 

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros