Guerrinha: a realidade do Inter para 2022 - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Projeção01/12/2021 | 07h00Atualizada em 01/12/2021 | 07h00

Guerrinha: a realidade do Inter para 2022

Colorado não tem bala suficiente para formar um time capaz de encarar Flamengo, Atlético-MG e Palmeiras

Um passo de cada vez. Até as paredes sabem que a Libertadores tem mais charme, holofote, rende uma grana superior. Mas a grande verdade é que o Inter ainda não tem bala suficiente para formar um time capaz de encarar Flamengo, Atlético-MG e Palmeiras na briga pelo título da competição.

A realidade colorada, pelo que se viu na maior parte do Brasileirão, pelo poder investimento que vai adotar, deixa a certeza de que a chance está na Sul-Americana e só depois pensar em voos mais altos.

Leia mais
Inter planeja nova ruptura e mira Coudet ou Vojvoda para 2022
Sequência de jogos, desgaste físico e mental: o diagnóstico do Inter para a queda de rendimento no Brasileirão


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros