Francisco Luz: o Inter vale a pena - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão Colorada05/01/2022 | 09h00Atualizada em 05/01/2022 | 09h00

Francisco Luz: o Inter vale a pena

Mesmo nos piores momentos, nossa relação com a camisa vermelha nunca muda

Francisco Luz: o Inter vale a pena André Ávila / Agencia RBS/Agencia RBS
O Inter é, sempre, assunto Foto: André Ávila / Agencia RBS / Agencia RBS

Escrevo esta coluna antes do final da nossa estreia na Copa São Paulo, portanto não tem como falar do resultado. Ainda não anunciamos nenhum dos reforços alinhados, mas Wesley Moraes e Nikão são nomes praticamente certos, e na terça-feira (4) surgiu a notícia de que a troca de Patrick por Liziero com o São Paulo também está bem encaminhada. Mas nada oficial, então é melhor buscar outro tema, afinal. Pois, na minha última coluna por ora — o titular Lelê Bortholacci volta de férias e reassume este espaço nesta quarta-feira (5) —, confesso que penei para encontrar algum assunto.

Até que me dei conta: o Inter é, sempre, assunto. É a relação mais antiga e duradoura da minha vida, e vai ser assim até meu último dia vivo. Todos os dias, todas as horas, mesmo antes de trabalhar com jornalismo esportivo, eu passava (muito) mais tempo do que o recomendado ou do que era saudável pensando no Inter. Tudo que eu fazia, fazia para responder uma única pergunta: "Esta atitude pode ajudar o Inter?". Mesmo que não fosse nada relacionado a futebol, a simples existência de uma camisa vermelha qualquer, passando pela rua, fazia tudo valer a pena.

A gente gosta de ser campeão — todos os torcedores, de qualquer clube no mundo, gostam. Nisso, somos todos parecidos. O que torna clubes e torcidas diferentes é sua relação nos momentos em que as coisas não vão tão bem. Ou mesmo naqueles em que tu nem estás pensando em futebol. Por anos e anos, o Inter tirava o que tínhamos de melhor, e isso nos ajudou a aproveitar também as coisas boas da vida. Depois daqueles cinco anos mágicos entre 2006 e 2011, muita gente ficou mal acostumada e ingrata. Espero, de coração, que a nossa retomada — e ela vem em breve — faça com que todos saibamos aproveitar bem os bons momentos. Eles não duram muito, mas são eternos.

Leia mais
Inter encaminha venda de Patrick ao São Paulo e negocia com Liziero
Com histórico de superação, Nikão chega ao Inter após protagonismo no Athletico
Inter tenta superar concorrência do River Plate e pode esperar seis meses por lateral argentino

Sempre continuar

Muito mais do que títulos, muito mais do que dramas, é essa relação cotidiana, que mais lembra uma grande amizade do que uma paixão arrebatadora, é que me faz sempre continuar com o Inter. É isso que vale a pena. O Inter vale a pena. Obrigado pela companhia nestes dias.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros