Guerrinha: a filosofia que pouco vai mudar no Inter - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Uso da meninada19/01/2022 | 08h00Atualizada em 19/01/2022 | 08h00

Guerrinha: a filosofia que pouco vai mudar no Inter

Colorado está em busca de jogadores com experiência, que se encaixem no elenco pensado por Alexander Medina

Guerrinha: a filosofia que pouco vai mudar no Inter Jota Finkler / SC Internacional/SC Internacional
Inter foi eliminado nas oitavas de final da Copa São Paulo Foto: Jota Finkler / SC Internacional / SC Internacional

Quem acompanha o noticiário sobre os movimentos do Inter no mercado nota que o clube está na busca de jogadores com experiência, custo baixo e que se encaixem na montagem do elenco pensado pelo técnico Alexander Medina para encarar a dura temporada de 2022. 

Por enquanto, tudo indica que a meninada vitoriosa da base vai ser pouco utilizada, como acontece quase sempre nas bandas do Beira-Rio.

Leia mais
Cuesta aproveita folga da pré-temporada do Inter para se casar na Serra Gaúcha
Edenilson de volante, Maurício e Boschilia nas extremas: o primeiro Inter testado por Medina


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros