Guerrinha: o desafio que Medina terá para mudar a cara do grupo do Inter - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Reformulação05/01/2022 | 07h00Atualizada em 05/01/2022 | 07h00

Guerrinha: o desafio que Medina terá para mudar a cara do grupo do Inter

Técnico uruguaio precisará impor seu estilo de jogo no time colorado

Guerrinha: o desafio que Medina terá para mudar a cara do grupo do Inter Talleres / Divulgação/Divulgação
Medina terá bastante trabalho no Beira-Rio Foto: Talleres / Divulgação / Divulgação

Nada de novidades.

Mesmo já sabendo das ideias do técnico Alexander Medina, o Inter segue estacionado, com o motor desligado, pouca gasolina, deixando a impressão de que, no início da temporada, vai ter bem poucas mudanças na fotografia do elenco que fracassou em 2021.

Verdade que no futebol as coisas mudam do dia para a noite, mas pelas notícias que surgiram o novo comandante do vestiário não vai conseguir alterar a postura do time vermelho tão cedo.

Leia mais
Inter encaminha venda de Patrick ao São Paulo e negocia com Liziero
Como o Inter se saiu em anos de Copa do Mundo
Com histórico de superação, Nikão chega ao Inter após protagonismo no Athletico


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros