Lelê Bortholacci: a qualificação do Inter está em andamento - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão Colorada24/01/2022 | 09h00Atualizada em 24/01/2022 | 09h00

Lelê Bortholacci: a qualificação do Inter está em andamento

Além do lateral Bustos, o Inter está muito perto de anunciar David e Brian Rodríguez

Lelê Bortholacci: a qualificação do Inter está em andamento ALEJANDRO PAGNI / AFP/AFP
Foto: ALEJANDRO PAGNI / AFP / AFP
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

A reviravolta na negociação do lateral argentino Bustos — que estava a caminho do River Plate — empolga. É um jogador muito elogiado por quem o conhece e que preenche uma vaga importante que ficou aberta com a saída de Saravia. Alem dele, o Inter também está muito perto de anunciar David e Brian Rodríguez, dois jogadores que tem as exatas características que o treinador quer para atacar pelas pontas. 

Devagar e sem cometer loucuras financeiras, o Inter vai se qualificando para a temporada.

A "quase tragédia" na copa São Paulo

Na noite de sábado (22), uma cena chocou quem gosta de futebol. São Paulo e Palmeiras se enfrentavam pela semifinal da Copinha, o jogo já se encaminhava para o final quando um marginal — torcedor não era — com a camisa do tricolor paulista, invadiu o campo com uma faca e só não se consumou uma tragédia porque um dos jovens jogadores são paulinos agarrou o maluco, imobilizando-o. 

Leia mais
"Tem muito potencial", diz dirigente de clube da MLS sobre uruguaio na mira do Inter
Saiba o que o Inter planeja fazer com o dinheiro de eventual venda de Yuri Alberto

A imagem do árbitro mostrando a faca para todo o estádio — captada pelas câmeras do Sportv — é impactante. Na hora, pensei que ele encerraria o jogo. Que nada. Deu sequência, o Palmeiras segurou a vitória que construíra ainda no primeiro tempo e, após o apito final, correram assustados pra dentro do vestiário, quase não comemorando um resultado que os leva a decidir um título inédito na história do clube. 

Um show de horror e de incompetência que começa na organização de um torneio em que permite alguém entrar armado num estádio, passa pelo pulso fraco de um árbitro que preferiu seguir um jogo mesmo com a falta de segurança escancarada e que, por um detalhe, não termina em tragédia. 

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros