Lelê Bortholacci: um fiasco sem precedentes para o Inter - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão colorada04/03/2022 | 06h00Atualizada em 04/03/2022 | 06h00

Lelê Bortholacci: um fiasco sem precedentes para o Inter

É uma derrota para derrubar todo o departamento de futebol, incluindo até mesmo alguns jogadores

Lelê Bortholacci: um fiasco sem precedentes para o Inter Ricardo Duarte / Internacional / Divulgação/Internacional / Divulgação
Inter perdia por 2 a 0 para o Globo-RN e alguns jogadores, nitidamente, caminhavam em campo Foto: Ricardo Duarte / Internacional / Divulgação / Internacional / Divulgação
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

Não existem palavras para definir o tamanho do fiasco protagonizado por boa parte deste grupo do Inter, que empilha vexames e não ganha nada há várias temporadas. Nada se salva na derrota para o Globo-RN, na noite de quinta-feira (3). Nada.

Nenhum jogador conseguiu produzir o mínimo possível aceitável para vestir uma camisa como a do Internacional. Até o goleiro Daniel, que muitas vezes salvou o time desde que assumiu a titularidade, falhou bisonhamente.

Colaborou muito para a bagunça generalizada um treinador completamente perdido que, mais uma vez, demorou para fazer substituições. E, quando as fez, piorou o que já era muito ruim.

Leia mais
"Fomos mal em todos os aspectos", admite Medina após eliminação do Inter
E agora? O futuro do Inter após ser eliminado pelo Globo-RN na Copa do Brasil
Cotação GZH: confira as notas dos jogadores do Inter na derrota para o Globo-RN

Um time que teve 10 dias para treinar, não criou uma chance trabalhada durante o jogo inteiro e só não levou mais por intervenção divina. Os últimos 20 minutos pareciam aquele futebol dos amigos, na parte final, que não existe meio-campo, todo mundo ataca e quem ainda conseguir correr "volta para marcar". Uma vergonha completa.

Reformulação imediata

É uma derrota para derrubar todo o departamento de futebol e começar imediatamente uma reformulação séria, incluindo alguns jogadores que, nitidamente, caminharam em campo. Uma das páginas mais lamentáveis da história centenária do Inter, e que serve como aviso claro de que, ou se faz algo, ou mais fiascos acontecerão. A hora de mudar é agora. Chega!

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros