Lelê Bortholacci: Inter de Mano para na retranca do Avaí - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão colorada01/05/2022 | 21h50Atualizada em 02/05/2022 | 10h06

Lelê Bortholacci: Inter de Mano para na retranca do Avaí

Houve volume de jogo, posse de bola, mas pouquíssimo perigo ao gol adversário

Lelê Bortholacci: Inter de Mano para na retranca do Avaí Jefferson Botega / Agencia RBS/Agencia RBS
Foto: Jefferson Botega / Agencia RBS / Agencia RBS
Lelê Bortholacci
Lelê Bortholacci

lele@atlantida.com.br

A torcida esperava mais do primeiro jogo de Mano Menezes no Beira-Rio. O empate sem gols contra o Avaí mostrou que nosso novo treinador terá muito trabalho para que o Inter consiga furar retrancas como a montada pelos catarinenses.

Houve volume de jogo, posse de bola, mas pouquíssimo perigo ao gol adversário. Alemão sofreu do mesmo problema que Wesley Moraes sofre na temporada: ficou isolado no ataque e não recebeu nenhuma bola em condição de finalização.

Com o verdadeiro bloqueio catarinense — em muitos momentos os 11 jogadores estavam atrás da linha da bola —, os chutes de média distância poderiam ter resolvido, mas eles também não apareceram. Que tenha servido de lição, pois teremos mais jogos com o mesmo roteiro tento no Brasileirão como na Sul-Americana.

Leia mais
Inter fica no empate com o Avaí e termina a rodada fora do G-6 no Brasileirão
Cotação GZH: confira as notas dos jogadores do Inter no empate com o Avaí


 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros