Luciano Périco: o frustrante empate do Inter pela Sul-Americana - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Vaga adiada06/05/2022 | 07h00Atualizada em 06/05/2022 | 07h00

Luciano Périco: o frustrante empate do Inter pela Sul-Americana

Com mais volume de jogo, Colorado ficou apenas no 1 a 1 contra o fraco Guaireña-PAR no Defensores Del Chaco

Luciano Périco: o frustrante empate do Inter pela Sul-Americana NORBERTO DUARTE / AFP/AFP
Bruno Méndez contra Villagra no lance em que a arbitragem marcou pênalti para os paraguaios Foto: NORBERTO DUARTE / AFP / AFP

O Inter não teve surpresas na escalação inicial para encarar o Guaireña, no Defensores Del Chaco, nesta quinta-feira (5). Sem contar com Taison, Mano Menezes manteve Mauricio no meio-campo. O guri acabou sendo sacado no intervalo. Edenilson começou ao lado de Gabriel. O camisa 8 jogou muito abaixo do seu normal. Já Carlos de Pena e Wanderson foram as peças escolhidas para atuar pelos lados. 

Mesmo tendo o controle da partida, a equipe colorada criou poucas chances de gol no primeiro tempo em Assunção. Alemão esteve isolado. Brigou bastante com os zagueiros adversários, mas acabou substituído. Os paraguaios conseguiram abrir o marcador com um pênalti duvidoso. Após enrosco entre Villagra e Bruno Méndez, o árbitro indicou a infração contra o Colorado. Otazú cobrou bem, sem chances para Daniel. 

No intervalo, David e Rodrigo Dourado foram as primeiras opções de Mano Menezes para mudar o panorama da partida. Com uma postura mais impositiva veio o empate com Wanderson, após cruzamento de Renê.

Leia mais
Inter empata em 1 a 1 com Guaireña no Paraguai e decidirá vaga nas oitavas em dois jogos no Beira-Rio 
Cotação GZH: confira as notas dos jogadores do Inter no empate com o Guaireña
O que se sabe sobre o projeto de revitalização do Gigantinho

Depois da expulsão de Jiménez, o Colorado criou mais chances e não aproveitou. É o problema recorrente de dificuldade na conclusão das jogadas, que o treinador do Inter precisa corrigir.

Porém, pela circunstância de ter ficado com um homem a mais e pela qualidade inferior do rival, o empate não foi o melhor resultado para o Inter no Paraguai. Com uma vitória, já poderia ter assumido a liderança para decidir a vaga nos dois últimos jogos dentro do Beira-Rio.

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros