Guerrinha: Inter não pode abrir mão de jogar com a corda esticada contra o Coritiba - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Em casa23/06/2022 | 08h00Atualizada em 23/06/2022 | 08h00

Guerrinha: Inter não pode abrir mão de jogar com a corda esticada contra o Coritiba

Colorado vai precisar suar e também contar com o apoio do seu esperançoso povo

Guerrinha: Inter não pode abrir mão de jogar com a corda esticada contra o Coritiba Ricardo Duarte / Inter/ Divulgação/Inter/ Divulgação
Mano precisa fazer o Inter jogar no limite Foto: Ricardo Duarte / Inter/ Divulgação / Inter/ Divulgação

Ficou escancarado.

Quem viu a incrível derrota para o Botafogo vai concordar que o Inter é um time que não pode, independentemente do local, abrir mão de jogar com a corda esticada até o apito final.

Nesta sexta (24),  outra vez no Beira-Rio,  quando terá um montão de desfalques, mais do que nunca o time do técnico Mano Menezes vai precisar suar e também contar com o apoio do seu esperançoso povo.

Leia mais
Crianças até 11 anos terão entrada gratuita para jogo do Inter contra o Coritiba
Paulo Victor e Alan Patrick são preservados de treino do Inter
Jogadoras do Inter passam por "trote" na Seleção Feminina


 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros