Vini Moura: vitória no Brasileirão dá confiança para os desafios da Sul-Americana - Inter - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

Paixão Colorada27/06/2022 | 07h00Atualizada em 27/06/2022 | 07h00

Vini Moura: vitória no Brasileirão dá confiança para os desafios da Sul-Americana

 Creio que o torcedor começa a semana otimista em relação ao que o time vai apresentar no Chile

Vini Moura: vitória no Brasileirão dá confiança para os desafios da Sul-Americana André Ávila / Agencia RBS/Agencia RBS
Palmas para a atuação contra o Coritiba Foto: André Ávila / Agencia RBS / Agencia RBS

Foi importantíssimo vencer o Coritiba. Neste momento, você pensou: "Óbvio que foi". Afinal, nos mantemos na briga pelo topo do Brasileiro. Só que mais importante é aquilo que vem junto da vitória: a confiança no trabalho. Ela é essencial para os desafios na Sul-Americana a partir desta terça (28). Esse tipo de competição não oferece espaços para quem não sabe superar momentos ruins.

Entendo quando alguns pedem calma, pois era apenas o Coritiba. Porém, o adversário é o menos importante na avaliação. Em vários momentos após um resultado negativo, o Inter não conseguiu dar a voltar por cima. A derrota para o Botafogo preocupou. Mas desta vez foi diferente! Amém! Creio que o torcedor começa a semana confiante no que o time vai apresentar no Chile. Uma derrota não vai desestruturar o elenco.  

Quero confessar que sou admirador do técnico colorado. Por outro lado, entendo que toda essa admiração possa ser carência por conta de tudo que vivemos com os treinadores que passaram pelo Gigante nos últimos tempos. Hoje, o Colorado voltou a acreditar até no improvável. Sair antes do juiz apitar? Sem chances. Temos um time brilhante? Longe disso. Seremos campeões? Não sei. O que eu sei é que me devolveram a vontade de acreditar no Internacional, na Série A e na Sul-Americana. Mas sobre isso falamos amanhã aqui no "Paixão Colorada". Nos encontraremos com frequência.  

Leia mais
Treino do Inter confirma retornos, mas deixa Pedro Henrique como dúvida para encarar o Colo-Colo
Bustos tem lesão diagnosticada e desfalcará o Inter contra o Colo-Colo, no Chile
Presidente do Corinthians mostra cautela, mas admite negócio por Yuri Alberto: "Jogador de altíssimo nível"

PRAZER, VINI MOURA 

Faço questão de me apresentar aos leitores do DG e de GZH, colorados e gremistas (sei que vocês, de vez em quando, gostam de espiar o que estão falando do Inter). Sou comunicador da Rádio 92, jornalista e colorado. Lembro até hoje o dia em que virei colorado. Fiquei indignado com o pênalti que não marcaram sobre o Tinga naquele Inter e Corinthians, em 2005. O primeiro gol que vi no Beira-Rio foi do Fernandão. O segundo foi do Edmundo. Nem tudo são flores. 

Faço parte da geração campeã do mundo. Fomos mal acostumados. Aí veio rebaixamento, o pior momento da história. Hoje, posso afirmar que entendo perfeitamente o que é ser colorado

 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros