Duelo de rankings: como a dupla Gre-Nal se saiu nas listas mundiais em 2014 - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

 
 

O ano da Dupla25/12/2014 | 06h01

Duelo de rankings: como a dupla Gre-Nal se saiu nas listas mundiais em 2014

Desde valor de mercado até o desempenho nas últimas temporadas, Grêmio e Inter foram analisados por diversas instituições

Duelo de rankings: como a dupla Gre-Nal se saiu nas listas mundiais em 2014 Montagem sobre fotos de Fernando Gomes e Mauro Vieira/Agência RBS
Grêmio e Inter foram avaliados em diversos estudos ao longo do ano Foto: Montagem sobre fotos de Fernando Gomes e Mauro Vieira / Agência RBS
Chico Luz, especial

A temporada 2014 não foi das melhores para Grêmio e Inter. A Dupla passou o ano longe da disputa por grandes títulos, sendo coadjuvante na Copa Libertadores e no Brasileirão. E isso se refletiu também nas avaliações feitas por consultorias e entidades especializadas, que analisam os valores e desempenhos de clubes de todo o mundo. Em diversos rankings diferentes, os dois principais clubes gaúchos tiveram desempenhos parecidos — ora com gremistas na frente, ora com colorados em colocações melhores.

Reforços que o Inter deveria pedir ao Papai Noel
Reforços que o Grêmio deveria pedir ao Papai Noel

Cada estudo analisou dados diferentes, com metodologias distintas. Por isso, os resultados acabam sendo tão díspares. Confira os principais rankings divulgados em 2014, e como a dupla Gre-Nal se saiu neles.

Valor das marcas 2014 - BDO

A BDO Brazil divulgou, neste ano, seu sétimo ranking Valor das Marcas dos Clubes Brasileiros. A empresa, que presta assessoria a diversas entidades do Brasil, analisa as receitas totais de cada clube no ano anterior e faz um comparativo com a temporada anterior. Neste ranking, o Inter ficou com a quarta colocação, e o Grêmio foi o sexto — ambos caíram uma posição em relação a 2013.

De acordo com a BDO, as receitas totais do Inter foram de R$ 259.581 milhões em 2013, um crescimento de 3% em relação ao ano anterior. Já o Grêmio teve receitas de R$ 197.730 milhões, 15% a menos do que em 2012. O líder da relação foi o São Paulo, com receitas no valor de R$ 362.832 milhões, seguido por Coritnhians e Flamengo. O Atlético-MG ficou em quinto, entre Inter e Grêmio.

Ranking dos clubes brasileiros por porte financeiro - Pluri

A Pluri Consultoria é especializada em análises esportivas, e constantemente lança estudos sobre as finanças dos clubes do País. Neste estudo, foi levada em conta a soma dos ativos, patrimônio líquido, imobilizado e receita total com e sem considerar a venda de atletas, dando pesos diferentes a cada um dos quesitos.

O Inter novamente é o quarto colocado, com os dados financeiros de 2013, uma posição abaixo do ano anterior. Já o Grêmio ficou em sétimo lugar, mesmo resultado de 2012. Os dois clubes tiveram variação negativa nos seus índices, de acordo com a Pluri — 2% para os colorados e 6% para os tricolores. A liderança é do Corinthians, seguido por São Paulo e Flamengo. O Atlético-MG foi o quinto, e o Cruzeiro, sexto colocado.

Ranking dos clubes brasileiros por evolução das suas finanças - Pluri

A mesma Pluri seguiu com suas análises, dessa vez comparando a evolução do quadro financeiro dos 30 principais times do Brasil na comparação entre os balanços de 2013 e 2012. Foram ponderados 17 quesitos diferentes, e aqui a Dupla teve desempenho bem discreto. O Inter foi o 14º da lista — havia sido 10º no ano anterior — e o Grêmio, apenas o 23º, uma queda de 13 posições em relação a 2013.

A queda do Grêmio explica-se pela Arena: com o terreno do novo estádio ainda sob controle da OAS, a variação do patrimônio líquido do Tricolor caiu 177%. O Inter, por sua vez, não teve variação alguma neste quesito.

A liderança foi da Chapecoense, que já havia sido líder em 2013, por conta da evolução das suas receitas após cada acesso de divisão no Campeonato Brasileiro. O Flamengo foi o segundo colocado, seguido por São Paulo, Criciúma e Paraná Clube.

Receitas por torcedor dos 18 clubes de maior torcida no Brasil - Pluri

Em outro estudo, a Pluri analisou os valores das receitas dos clubes de maior torcida do País e dividiu pela estimativa do número de torcedores. O Inter ficou em sexto lugar nesta lista, e o Grêmio foi o décimo.

De acordo com a análise, que usou os números de 2013, o Inter tem cerca de 6,1 milhões de torcedores. Com as receitas de R$ 260 milhões, cada torcedor teve um "valor" estimado em R$ 42,81. Já o Grêmio, que conta com uma base de 7 milhões de torcedores, teve receitas de R$ 198 milhões — R$ 28,22 para cada torcedor.

A liderança ficou com o Coritiba, que tem estimados 1,1 milhão de torcedores e R$ 97 milhões de receitas, com R$ 87,36 para cada torcedor, seguido por Atlético-PR, Botafogo, Atlético-MG e Fluminense. Curiosamente, as duas últimas posições ficaram com Corinthians e Flamengo. Cada um dos 26,2 milhões de corintianos "vale" R$ 12,05 da receita total de R$ 316 milhões, enquanto cada um dos 30,5 milhões de flamenguistas foi avaliado em R$ 8,95 — total de R$ 273 milhões do clube carioca.

Os 60 clubes com maior média de público das Américas 2013/14 - Pluri

Mais um ranking feito pela Pluri, mas este bem simples. Foram analisadas as médias de público somente em campeonatos nacionais da temporada 2013-14, considerando a última temporada completa de cada país das Américas — no caso brasileiro, 2013. Com isso, apenas o Grêmio, da Dupla gaúcha, apareceu na lista, com a 33ª colocação, com 19.764 torcedores por partida, 43% do espaço da Arena. No ranking anterior, o clube estava em 15º.

O Inter não consta no ranking por ter sido avaliada a temporada 2013, em que o clube não atuou no Beira-Rio.

A liderança nas Américas foi do River Plate, com 49.368 torcedores por partida no Monumental de Núñez, 73% de ocupação da capacidade do estádio. Na sequência, ficaram America-MEX, Seattle Sounders-EUA, Tigres-MEX e Boca Juniors-ARG. O melhor brasileiro foi o Cruzeiro, oitavo colocado, com 28.911 torcedores, 50% do total do Mineirão.

Os 30 times brasileiros com as marcas mais valiosas - BDO

Neste ranking, a BDO não analisa apenas a receita, mas também o perfil das torcidas — com tamanho, faixa etária e nível de renda, entre outros quesitos — e as características do mercado em que os clubes atuam. E aqui, Grêmio e Inter se destacam.

O Tricolor é o quinto colocado, com a sua marca avaliada em R$ 478,5 milhões, e o Inter, sexto, com R$ 453,7 milhões. A liderança da análise é do Corinthians, que "vale" R$ 1,236 bilhão, seguido por Flamengo, São Paulo e Palmeiras.

As 30 equipes mais valiosas das Américas - Forbes

A versão mexicana da revista Forbes, especializada em finanças, fez um ranking com os clubes mais valiosos das Américas. Foram analisados o estádio, o valor do grupo de jogadores e o valor da marca. E o Grêmio se destacou, ficando com o segundo lugar no ranking: de acordo com a revista, o Tricolor vale R$ 905,77 milhões.

O Inter foi o sexto colocado na relação, com valor de R$ 617,73 milhões. A liderança foi do Corinthians, e o top-5 foi completado por Palmeiras, Chivas Guadalajara-MEX e New York Red Bull-EUA.

Os 10 clubes das Américas mais populares na Ásia - Euromericas

A agência argentina Euromericas Sports Marketing fez um estudo curioso. Usando uma metologia que viu "a preferência dos simpatizantes e das empresas" da Ásia, através das redes sociais, a empresa divulgou uma lista com os 10 clubes das Américas mais populares na Ásia. E o Inter foi bem no estudo.

O Colorado ficou com a sétima colocação, o terceiro melhor time brasileiro, atrás apenas do líder Corinthians. A segunda colocação ficou com o Boca Juniors, seguido pelo America-MEX, Santos e River Plate no top-5.

Ranking de clubes - CBF

Para finalizar, a CBF divulgou, logo após o final do Brasileirão, a versão atualizada do seu ranking de clube. E o Grêmio segue à frente do Inter: na relação, que leva em conta o desempenho apenas em competições nacionais nas últimas cinco temporadas — com peso maior para os anos mais recentes —, o Grêmio é o quarto colocado, enquanto o Inter é nono.

O Tricolor soma 13.992 pontos, e o Colorado tem 12.628 pontos. A liderança é do Cruzeiro, que tem 15.328 pontos após a conquista do bicampeonato brasileiro e o vice na Copa do Brasil deste ano. O Corinthians é o segundo, e o Flamengo, terceiro. O Santos fecha a lista dos cinco melhores.

ZH ESPORTES

 
 
 
 
 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros