Guerrinha: "Largada tricolor" - Esporte - Diário Gaúcho

Versão mobile

Coluna do Guerra22/11/2016 | 08h16Atualizada em 23/11/2016 | 08h00

Guerrinha: "Largada tricolor"

Guerrinha: "Largada tricolor" Mateus Bruxel/Agencia RBS
Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

Na obrigação de pontuar, sob novo comando, o Inter foi o mesmo: pressionado, atrapalhado na defesa, com um meio-campo que não cria coisa nenhuma e um ataque que não aparece.

A nova atuação decepcionante custou a derrota para o Corinthians, por 1 a 0, e mais desespero no Beira-Rio. Agora só um milagre para escapar da degola. A Série B está cada vez mais perto de um clube que errou muito e está pagando um preço.

VANTAGEM — Até as paredes sabem que Grêmio e Atlético-MG estão motivados até a alma — tudo pode acontecer na decisão e qualquer descuido pode ser fatal.

Mas uma coisa já deu para perceber: o Tricolor entra na briga pelo caneco com mais fôlego. E isso pode pesar na hora da onça beber água.

CAMPEÃO – Mais regular, líder na grande maioria das rodadas, o Palmeiras livrou seis pontos sobre o Santos, o segundo colocado, e pode providenciar a festa. Apesar das incertezas da bola, a turma do técnico Cuca pode se preparar, no domingo, para a volta olímpica.

INCRÍVEL — Num jogo em que chegou a abrir vantagem de dois gols, o Mengão deu chance ao azar, cedeu o empate ao Coritiba e, mais uma vez, não conseguiu ganhar no seu palco preferido: o Maracanã.

O resultado, aliás, não deixou o time carioca ultrapassar o Santos, além de terminar com a esperança do torcedor carioca de botar a mão no caneco do Brasileirão.

Perguntinha
Qual o melhor time brasileiro em 2016?

Leia outras colunas do Guerrinha

*Diário Gaúcho


 
 
 
Diário Gaúcho
Busca
clicRBS
Nova busca - outros